domingo, 27 maio, 2018

6 produtos para retirar a maquiagem

Aprenda o que é adequado para remover os cosméticos simples, resistentes e à prova d’água

Na cidade grande, a pele acaba recebendo uma gama imensa de produtos da poluição “natural”: óleos, fumaça de carros, poeira, fuligem, etc, que devem ser retiradas diariamente. E isso não acontece somente com as mulheres, mas também com os homens. Quando utilizamos produtos de limpeza mais potentes percebemos uma grande quantidade de impurezas, acrescentando protetores solares e maquiagem de todos os tipos entre as comuns até os resistentes à água e os a prova d’água.

Precisamos limpar a pele das impurezas e dos produtos utilizados na pele durante o dia para impedir a obstrução dos poros da pele, liberando as secreções das estruturas chamadas anexos da pele. Sua obstrução pode desencadear a “acne” e cravos.

Quanto mais sofisticados os cosméticos utilizados na pele, maior a dificuldade para retirá-los, bem como a variedade de produtos apropriados para cada tipo de “sujeira” aumenta proporcionalmente.

A maquiagem simples pode ser retirada com sabonetes mais potentes, demaquilantes mais simples e tônico. Quando a maquiagem é mista, demaquilantes bifásicos e micelares são muito bem indicados. Quando se trata de maquiagem resistente à água (resistem à umidade e ao ar mas saem facilmente com a fricção) e à prova d’água (à base de óleo ou cera) há necessidade de produtos à base de óleo para a sua retirada (óleos, demaquilante bifásicos ou trifásicos). Eles são indicados principalmente para a retirada da base, batons, máscara e delineador para olhos.

Já publicamos um artigo sobre a propriedade da água micelar e a função da fase da água e da fase oleosa. Os óleos ajudam a retirada mais grosseira dessa maquiagem e alguns “produtos naturais” têm sido citados para esta função e podemos discutir sobre alguns que tem sido mais comentados. Um item importante é a ação conhecida de vários óleos naturais que possuem vitaminas, antioxidantes e propriedades emolientes ou hidratantes que os tornam melhores escolhas.

1 – Óleo Mineral

O óleo mineral, por si só pode ser utilizado para a retirada grosseira da maquiagem, porém, não possui as combinações de antioxidantes, vitaminas e precisa ser muito bem lavada após a sua utilização e pode ser muito comedogênico e de difícil limpeza. Se possível, melhor escolher outros óleos.

2 – Leite de Rosas

O leite de rosas, por ser utilizada a tantos anos costumeiramente por muitos indivíduos tem o seu valor, mas a sua composição é basicamente constituída por antissépticos, água, álcool e essência.

3 – Azeite de Oliva

O azeite de oliva também tem sido utilizado pelas suas propriedades como alimento por ser rico em gordura saturada, monoinsaturada, ômega 6 e 3, Vitamina E e K. Possui algum efeito anti-inflamatório relacionado com marcadores, expressão de genes e reduzindo a proteína C reativa. Devido a estas propriedades acredita-se que possa regenerar e proteger a pele para retardar o envelhecimento da pele, hidratação e equilibra a oleosidade.

4 – Óleo de coco

O óleo de coco também é composto por gorduras boas, na maioria saturada, triglicérides de cadeia média que são mais facilmente absorvidos pelo corpo. Discutem-se suas propriedades para reduzir medidas, queima de gorduras, controle da fome, como antioxidante (vitamina E), diminuindo o colesterol danoso (LDL) e aumentando o bom (HDL), melhora do sistema imunológico, ajuda a regular a função intestinal. Tem sido citado para hidratar a pele, como desodorante, na prevenção de estrias, proteção contra queimaduras, teria uma capacidade de proteção solar 4, hidratar os lábios, diminuir o ondulado dos cabelos.

5 – Óleo de amêndoas

Óleo de amêndoas doces é um excelente emoliente e possui uma grande quantidade de vitamina E e ácidos graxos e atua como um bom demaquilante natural, embora a maioria dos produtos do mercado tenham combinação com óleo mineral. Assim com o os outros óleos, ajuda a retirar a maquiagem mas necessita cuidados adicionais.

6 – Óleos de camomila, gergelim e soja

Associação de óleo de camomila, gergelim e soja, todos ricos em ácido graxos e outros tem sido relatada. A escolha em geral se faz a um produto natural que tenha propriedades antioxidantes, calmantes, anti-inflamatórias, evitando também a possibilidade de irritação da pele e reações alérgicas. Estes podem ser utilizados, mas há necessidade de controle de qualidade e por isso mesmo, produtos elaborados através de trabalhos industriais e científicos se tornam um pouco mais seguros e apropriados pois o uso dos óleos sem cuidados, como a limpeza posterior cuidadosa desse mesmo óleo pode piorar ou precipitar a formação de acne chamada comedogênica (por obstrução de poros).

(Minha Vida)

Ad

Outras notícias