segunda-feira, 25 junho, 2018

Semel inicia Campeonato de Futsal 2018

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel) iniciou nesta segunda-feira, dia 28 de maio, o Campeonato Municipal de Futsal 2018.

Quatorze equipes (Madeireira Guassu, Comercial, Read Bull A.Lim, Oxx Balas, Era do Gelo, L.B.U. Desp. Real, Borussia, Bar do Alex, Real E.C., Sport Junior, Reta 1, Acapulco e Molekes da Vila) participam da competição que ficará concentrada no Ginásio Municipal de Esportes, a partir das 19h30 (horário de Brasília), em Bataguassu.

Conforme cronograma da Semel, nesta primeira rodada se enfrentam as equipes L.B.U x Real Esp. Clube às 19h30. Na sequência, às 20 horas, se enfrentam as equipes Sport Jr. X Mulekes da Vila.

Fotos: Micael Nunes

Consulesa da República Tcheca visita Bataguassu em busca de registros históricos sobre Jan Antonin Bata

A consulesa geral da República Tcheca, Pavla Havrlíková, esteve na última quinta-feira (24) em visita ao município de Bataguassu, com o objetivo de obter informações históricas e registros fotográficos do fundador do município – Jan Antonin Bata, nascido em 7 de março de 1898 em uma região da República Tcheca.

No encontro, Pavla comentou a respeito das comemorações dos 120 anos de nascimento de Bata que será retratada a partir de uma exposição fotográfica itinerante que irá percorrer os municípios do Brasil que tiveram sua influência para formação.

Em Mato Grosso do Sul, farão parte da atividade Bataguassu e Batayporã, municípios fundados pelo desbravador além das cidades paulistas de Batatuba e Mariapólis. Em Bataguassu, a exposição fará parte das comemorações alusivas aos 64 anos de emancipação política administrativa do município.

A consulesa disse ainda que a intenção é promover uma rede de contatos entre as quatro cidades do país, além de Praga, na República Tcheca para entrelaçar informações a respeito da permanência do fundador nos países. “A questão do idioma ainda é uma barreira, pois temos muitos relatos em tcheco e também em português, mas estamos trabalhando para tentar promover essa conexão entre as cidades e os países (Brasil/República Tcheca)”, destacou. 

A secretária municipal de Educação e Cultura, Regina Duarte de Barros Dovale comentou durante a visita a respeito do projeto “Bataguassu Nossa Terra, Nossa História e Nossa Gente” desenvolvido pelo município através da secretária, por meio do Núcleo Municipal de Cultura, que já possui um vasto acervo sobre o município e destacou ainda a respeito do projeto do Museu que será implantado no segundo semestre na cidade.

Regina apresentou a consulesa um projeto para a construção de um anfiteatro que teria em sua composição arquitetônica traços da antiga casa de Jan Antonin Bata em Bataguassu, estrutura demolida anos atrás, solicitando do Consulado Geral da República Tcheca em São Paulo, recursos para apoiar a iniciativa.

Aproveitando a ocasião, Pavla conheceu ainda as dependências do Centro Cultural de Bataguassu que contém acervos históricos do município e também a praça “Jan Antonin Bata”, onde está localizado o busto do fundador.

Além da titular da pasta, acompanharam a visita a coordenadora municipal de Cultura, Regina Maria Freire de Oliveira; a presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais, Elizete Duarte; Vladimir Kubik Filho, filho do pioneiro Vladimir Kubik e a  pesquisadora da Memória de Jan Antonin Bata, Sônia Barreto de Novaes, bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)/ USP e diretora de Cultura do CMJT Núcleo Complexo Batatuba.

HISTÓRIA

Constam nos registros históricos que em 1932, Arthur Diederichen vendeu a Companhia de Viação São Paulo Mato Grosso (incluindo terras, embarcações, pousos de boiadas, armazéns, fazendas e direitos), a Jan Antonin Bata.

Bata nasceu na antiga Checoslováquia onde era denominado “O Rei dos Calçados”. Naquele país foi um grande industrial. Seu pai era o fundador das Indústrias Bata e ele deu continuidade aos empreendimentos do pai, ampliando suas fábricas em cinco continentes.

Culto e viajado, dominava sete idiomas e foi perseguido pelos seguidores de Adolf Hitler, quando se exilou nos Estados Unidos e veio para o Brasil, em 1941.

Na época, Bata já havia instalado uma indústria de calçados em Batatuba, São Paulo, primeira cidade que fundou no Brasil.

Em 1942, Jan Antonin Bata decidiu criar uma cidade nas terras que adquiriu de Diederichen, no espigão divisor das águas dos Córregos Guassu e Sapé não muito distante do rio Pardo e escolheu o local onde seria edificada Bataguassu.

Além de planejar o loteamento urbano da cidade, fez loteamento rural, construiu as primeiras casas destinadas a seus funcionários, armazém e um pequeno templo católico. Montou uma serraria cuja caldeira fornecia energia elétrica, uma cerâmica, uma leiteria e mais tarde uma granja.

Em Bataguassu, o busto de Jan Antonin Bata está instalado na praça que recebe seu nome [Jan Antonin Bata] popular praça da Matriz/praça do Peixe. A ponte do rio Pardo também leva o nome do fundador do município.

Fotos: Micael Nunes

Famílias indígenas participam de reunião do Paif

Famílias indígenas assistidas pelo Centro de Referência em Assistência Social (Cras) por meio do Núcleo Municipal de Igualdade Racial participaram na última quinta-feira (24) das reuniões mensais promovidas pelo órgão através do Serviço de Proteção Integral a Família (Paif). 

Segundo a coordenadora municipal do Cras I, Tamires Gazola, nos encontros são debatidas temáticas variadas que envolvem saúde pública, serviços assistenciais entre outros. Atualmente, 37 famílias de várias etnias indígenas (Guaraní, Guató, Kadiwéu, Kaiwá, Pataxó e Terena) são acompanhadas pelo órgão público no município e recebem ainda através da parceria com a Coordenadoria Regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) de Dourados, cestas básicas.

Com relação a atividade realizada na data no Clube da Melhor Idade às 9h30, a acadêmica Agda Maria de Oliveira Silva, de família indígena e participante do curso “Ára Verá” – voltado para os Kaiowa-Guarani e que é pioneiro na formação específica e diferenciada de profissionais em educação apresentou uma vivência do curso organizado pelo Centro de Formação de Professores Indígenas de Mato Grosso do Sul, parceria entre Secretaria do Estado de Educação e Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

Na explanação, a acadêmica repassou detalhes da capacitação que aborda tradições, dialetos, comidas e danças típicas da cultura indígena.

Para a participação do curso, Agda recebe auxílio financeiro do município, com objetivo de garantir a manutenção da cultura indígena. 

Fotos: Micael Nunes

Prefeito de Bataguassu nomeia profissionais de enfermagem concursados como coordenadores de ESFs

Dentro da política de valorização do servidor público municipal, o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) está nomeando enfermeiros (as) concursados (as) como coordenadores (as) das Estratégias de Saúde da Família (ESF) aos quais estão lotados.

O anúncio foi feito durante reunião realizada na última semana no gabinete municipal com as referidas profissionais que atuam nos órgãos e que contou ainda com a presença da secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso.

Segundo Caravina, a medida visa reconhecer o importante trabalho desenvolvido por esses (as) profissionais, que já atuavam como chefes de equipes, porém, sem gratificação. “Nada mais justo oferecer a coordenação das unidades de saúde a pessoas que trabalham de forma efetiva nesses locais e que possuem formação específica para tanto e influenciar financeiramente esse trabalho”, disse o prefeito.

Fotos: Micael Nunes

Estação Juventude e Sindicato Rural de Bataguassu oferecem curso de crochê em barbante

Através da parceria entre Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel), Programa Estação Juventude e Sindicato Rural estão abertas gratuitamente as inscrições para o curso de Crochê em Barbante.

Conforme a pasta, o curso aborda aspectos teóricos e práticos da técnica do crochê em barbante e serve como alternativa de renda familiar. O público-alvo são jovens a partir de 14 anos.

As inscrições, que já estão abertas podem ser feitas na sede do Sindicato Rural de Bataguassu (rua São José, 460). No ato da inscrição o candidato deve apresentar cópias do RG e CPF. 

O curso será desenvolvido de 25 a 28 de junho, das 8 às 12 horas; e das 13 às 17 horas. A carga horária de 32h.

Mais informações pelo telefone (67) 3541-1387.

Foto Divulgação

Saúde imuniza população após aquisição de doses da vacina contra vírus Influenza

Após receber 10 mil doses de vacina contra o vírus Influenza, a Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Saúde iniciou no último sábado, dia 19 de maio, a imunização contemplando toda a população local.

Bataguassu é o primeiro município do Estado a adquirir as doses e deixá-las a disposição dos munícipes não atendendo somente os grupos prioritários aos quais a campanha de vacinação se destina, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde (crianças menores de cinco anos, grávidas, puérperas, idosos, doentes crônicos, professores entre outros).

Segundo a secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso, durante esta semana, a Secretaria Municipal de Saúde ficará aberta das 18 às 21 horas (horário de Brasília) para imunizar os munícipes que ainda não receberam a vacina.

Residentes em fazendas e assentamentos que também puderem procurar a Secretaria de Saúde durante o atendimento estendido receberão de imediato a vacina.

Para receber as doses, é preciso, no entanto, apresentar documentos pessoais, cartão SUS, carteira de vacinação e comprovante de residência.

NOVA PORTO XV

No Distrito de Nova Porto XV, a vacina será disponibilizada no ESF “Emiko Resende”, em horário normal de atendimento, ou seja, das 7 às 11 horas; e das 13 às 21 horas. 

Foto: Micael Nunes

Caravina participa da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Pedro Arlei Caravina, atual presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) está participando com demais representantes de municípios de todo País da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, evento que ocorre até o dia 24 deste mês na capital federal.

No primeiro compromisso agendado na Confederação Nacional de Municípios (CNM), Caravina defendeu a importância de se incluir na pauta com os candidatos à Presidência da República o compromisso de cobrir os custos dos municípios com os programas do governo federal.

O gestor destacou que o presidente da República tem força suficiente para aprovar votações no Congresso Nacional mobilizando a sua base de apoio na Câmara dos Deputados e no Senado, onde tramitam vários projetos de interesse dos municípios.

Na prática, o dirigente quer que esse compromisso dos pré-candidatos seja explicito, de modo que os prefeitos possam cobrar no futuro.

Uma das preocupações dos prefeitos, segundo o presidente da Assomasul, é que as verbas destinadas à manutenção dos programas do governo nos municípios são insuficientes para o custeio, forçando as prefeituras arcarem com as despesas mesmo sem a fonte de receita. 

No movimento municipalista deste ano, a Assomasul mobilizou o maior número de prefeitos da história, levando a Brasília 55 dos 79 prefeitos de Mato Grosso do Sul.

DEBATES

Oito pré-candidatos à presidência da República já confirmam presença na Marcha a Brasília, segundo a CNM, organizadora do ato.

O evento deste ano reserva dois momentos para receber os presidenciáveis e debater as prioridades dos governos locais e as necessidades de mudanças estruturais da federação brasileira. Os painéis que serão conduzidos pelo atual presidente da Confederação, Paulo Ziulkoski ocorrem nos dias 22 e 23, a partir das 14 horas.

Além da presença dos presidenciáveis, a programação prevê outros momentos singulares, como a participação dos chefes do Executivo e do Legislativo.

Fotos: Edson Ribeiro/Assomasul

Prefeitura de Bataguassu disponibiliza credencial para vagas de estacionamento de idosos e deficientes físicos

Desde 2008, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) regulamenta as vagas de estacionamento em vias públicas, destinadas a veículos utilizados por idosos, por pessoas com deficiência e com dificuldade de locomoção.

O Cartão de Estacionamento para Vaga Especial é o instrumento legal que dá direito a utilização dos locais, promovendo a acessibilidade. O documento é válido em todo o território nacional, conforme modelo disposto na Resolução do Contran.

Em Bataguassu, de acordo com o chefe do Núcleo Municipal de Habitação, Thiago Natan, as credenciais para os cidadãos que se enquadram nesses critérios estão sendo fornecidas gratuitamente pelo setor.

Natan explica que grande parte da população desconhece a obrigatoriedade da credencial ou mesmo não sabem onde solicitar o documento. O coordenador alerta, no entanto, que o uso da vaga sem a credencial caracteriza infração, passível de multa e remoção do veículo. “Por isso, as pessoas que se enquadrarem nos requisitos, podem estar vindo até o Núcleo e solicitar sua credencial para evitar transtornos futuros”, recomendou. 

O chefe de Núcleo acrescenta que o motorista deverá colocar a credencial em local visível, de preferência no painel ou para-brisa dianteiro do veículo para que se houver fiscalização dos órgãos de trânsito, o veículo não seja notificado.

COMO OBTER A CREDENCIAL

Para obter a carteira destinada ao idoso, a pessoa precisa ter maior de 60 anos e apresentar documentos pessoais (RG e CPF), além da CNH e comprovante de endereço. Para o cartão destinado a veículos que transportam pessoas com deficiência e com dificuldade de locomoção, além dos documentos, é preciso apresentar um laudo médico descrevendo a deficiência. Vale ressaltar que a credencial é emitida na hora, sem custo algum, podendo ser utilizada imediatamente em qualquer veículo que o credenciado esteja trafegando.

SERVIÇO

O Núcleo Municipal de Trânsito fica localizado na Secretaria Municipal de Infraestrutura na rua José Alves Barroso, 305, bairro Jardim Campo Grande.  O funcionamento é das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone (67) 3541-1663.

Fotos Cedidas

Caravina entrega Van Sprinter para atendimento da Melhor Idade

Com a presença do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) entregou esta semana um veículo Van Sprinter de 16 lugares em atendimento aos idosos que integram o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) da Melhor Idade “Grupo Esperança”.

O investimento em recursos próprios da administração municipal é de R$ 145 mil.

Durante a entrega, Caravina destacou que o veículo tem como objetivo oferecer mais comodidade e garantir um transporte seguro aos idosos atendidos pelo projeto. 

Participaram da entrega, os idosos integrantes do grupo, a secretária municipal de Assistência Social, Ana Nely Castello Branco Sanches e demais membros da equipe da secretaria.

INVESTIMENTOS

No ano passado, a atual administração municipal entregou a sede própria do Clube da Melhor Idade “Florentino da Silva”.

Com área total de 790, 12 metros quadrados, o clube fica localizado na rua Lírio HG Mussi, no bairro Residencial Modelo e conta com hall de entrada, salão de festa, sala administrativa, camarim, vestiário, cozinha, bar, sanitários com acessibilidade, além de piscina aquecida e coberta.

Mais de 100 idosos de Bataguassu e Nova Porto XV participam das atividades recreativas e físicas oferecidas semanalmente no local. 

Foto: Micael Nunes

Desenvolvimento Econômico e Energisa discutem Plano de Educação Ambiental

Representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente se reuniram na última sexta-feira, dia 11 de maio, com técnicos da Energisa responsáveis pelo projeto de licenciamento ambiental da empresa.

Segundo o titular da pasta, Nilo José Perlin, o encontro teve como objetivo discutir um Plano de Educação Ambiental que será apresentado pela empresa ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para a obtenção de licença de operação da linha de transmissão de energia no município, com vistas aos impactos ambientais que serão ocasionados pela realização do empreendimento.

Perlin destaca que ficou definido que por estar dentro da Unidade de Conservação APA da Sub-Bacia do Rio Pardo, o Assentamento Montana localizado no quilômetro 45 da BR – 267 será beneficiado com as ações ambientais e que a princípio definiu-se que serão trabalhadas as questões de gerenciamento de resíduos sólidos e técnicas de reaproveitamento do lixo orgânico para compostagem caseira como medida compensatória.

Outra hipótese, de acordo com o secretário é que a Energisa faça um plano contemplando a doação de mudas para recuperação das margens do Córrego Guassu, local onde a linha de transmissão atravessará.

Participaram da reunião, o chefe de Núcleo Municipal de Meio Ambiente, Diego Moreno, o chefe de Núcleo Municipal de Habitação, Rogério Torres, o chefe de Núcleo Municipal de Igualdade Racial, Luciano Fernandes Gonçalves; e Maria Conceição Pereira Sanches Mendonça, representante do Assentamento Montana.