terça-feira, 17 outubro, 2017

Motorista morre e passageiro fica ferido após caminhão despencar em ribanceira de 20 metros de altura

Acidente foi registrado em acesso à Rodovia da Integração (SP-563), em Mirante do Paranapanema, nesta quinta-feira (21).

Um rapaz de 23 anos morreu e outro, de 20 anos, ficou ferido em um acidente de trânsito registrado na estrada que dá acesso à Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo, a Rodovia da Integração (SP-563), em Mirante do Paranapanema. As vítimas estavam em um caminhão, com placas de Torrinha (SP), que colidiu na traseira de um caminhão trator semirreboque, com placas de Maringá (PR). O acidente ocorreu na manhã desta quinta-feira (21).

Conforme o Boletim de Ocorrência, na altura do km 13,500, o motorista, de 23 anos, tentou fazer uma ultrapassagem em local com duas faixas contínuas, mas, ao procurar desistir da manobra, perdeu o controle do veículo e colidiu contra a traseira do semirreboque.

Após a colisão, o caminhão bateu na defensa da ponte da rodovia e caiu em uma ribanceira, com cerca de 20 metros de altura, resultando na “morte instantânea” de seu condutor. Já o passageiro do veículo sofreu lesões corporais de natureza leve e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, que encaminhou a vítima ao Hospital de Teodoro Sampaio.

Foi solicitado ao Instituto de Criminalística exame pericial do local e dos veículos envolvidos.

O corpo da vítima fatal foi levado ao necrotério do Cemitério Municipal de Presidente Venceslau para ser submetido a exame necroscópico.

G1

INSS: relatório aponta R$ 1,1 bilhão pagos a beneficiários mortos

Cifras foram divulgadas pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União

Relatório do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União aponta um rombo de pelo menos R$ 1,1 bilhão em aposentarias pagas pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) a beneficiários mortos, em 2016.

A constatação, de acordo com informações do portal Uol, ocorre em meio à tentativa do governo de aprovar a reforma da Previdência, alegando deficit nas contas do setor, que estaria orçado em R$ 184 bilhões no ano de 2017.

A origem do prejuízo teria duas frentes, ainda conforme o ministério. Uma delas se refere ao pagamento indevido a beneficiários mortos. Após constatação da morte, os cartórios têm até o dia 10 do mês seguinte para comunicar o óbito e, desse forma, haver a suspensão dos depósitos nas contas dos aposentados.

No entanto, a falta de infraestrutura adequada para o processamento das informações e a diminuição do quadro de pessoal do órgão são citados como entraves na hora de executar esta etapa.

Além disso, segundo os técnicos, o INSS também tem dificuldade de reaver os valores depois que eles já foram depositados, devido a uma série de fatores, como o entrave imposto pelos bancos onde os beneficiários mortos mantinham suas contas para devolver os recursos.

Em nota, a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) enviou uma nota por meio de sua assessoria de imprensa na qual informa que a entidade “e os bancos associados pagadores de benefícios a aposentados têm apoiado o INSS na busca por soluções que evitem o pagamento de benefícios daquele instituto a pessoas já falecidas”.

¨Notícias ao Minuto¨

Pequenas atitudes diárias para economizar muito no fim do mês

Não pense que cada moedinha não fará diferença, viu?

Para muitas pessoas, economizar dinheiro é um grande desafio e requer bastante esforço. Porém, com foco e pequenas atitudes diárias, saiba que é possível acumular uma boa quantia no fim do mês.

O primeiro passo para economizar é conhecer bem os seus gastos. “Recomendo tentar encaixá-los no método 50/30/20. Até 50% do salário mensal líquido deve ser desembolsado com os itens essenciais (moradia, alimentação, transporte), 30% com supérfluos (compras, presentes, lazer) e 20% deve ser guardado. Ao fazer esse exercício, já começamos a enxergar no que estamos gastando demais”, aponta Carolina Ruhman Sandler, do site Finanças Femininas.

Outro jeito de avaliar os gastos que podem ser cortados é saindo do automático. “É preciso prestar atenção em tudo o que você compra ao longo do dia. A melhor forma de fazer isso é anotando todas as despesas. Se você perceber que desembolsa mais na hora do almoço, pois sempre acaba comprando alguma coisa em um centro comercial ou shopping, por exemplo, uma boa estratégia seria comer em outro local. Se você gasta muito em happy hour, a dica é definir previamente quantas vezes poderá ir e em quais dias. Escolha quais são as saídas mais interessantes e não desfalque o orçamento”, ensina Patricia Lages, do canal Bolsa Blindada.

E se você quiser calcular o quanto vai economizar a partir de pequenos cortes, Carolina ensina como. “A economia pode ser feita de duas formas: diminuindo a frequência do gasto ou o seu valor. Quando falamos em frequência, é como deixar de pedir refrigerante todos os dias e manter esse hábito apenas uma vez por semana. Se a lata custa quatro reais e a pessoa reduz a frequência de consumo semanal de cinco vezes para apenas uma, ela tem uma economia de 16 reais por semana, o que dá 64 reais por mês. A outra opção é pensar no valor: é como trocar a manicure por uma que cobra mais barato e passar a economizar 15 reais por semana, por exemplo. Você pode manter o hábito de fazer a unha, mas por um preço menor, conseguindo poupar mais 60 reais por mês”, orienta.

Dessa forma, quem pretende economizar pode começar a observar no dia a dia oportunidades para isso. “Muitas vezes, temos pequenos hábitos que parecem ter um impacto limitado no nosso orçamento, mas, quando fazemos as contas, vemos como cortes simples podem fazer uma diferença poderosa no fim do mês”, completa Carolina. “O segredo é sempre projetar aquele valor durante um período. Por exemplo, um pequeno gasto de três reais por dia significa 90 reais por mês ou incríveis 1080 reais por ano. Achar que não vale economizar dez reais por dia é um erro, pois, considerando apenas os dias úteis, a economia poderia ultrapassar 2600 em um ano”, calcula Patricia.

Como economizar no dia a dia 

Segundo Patricia, pequenos sacrifícios podem gerar grandes conquistas, mas o ideal é que cada pessoa avalie e decida do que está disposta a abrir mão. Porém, é essencial que os desperdícios sejam cortados imediatamente. “Uma forma de fazer isso é observar mais a nossa lata de lixo do que as prateleiras das lojas. Se eu estou jogando muita comida fora, devo anotar (não apenas pensar) que, na próxima ida ao mercado, devo diminuir todas as quantidades do que está indo para o lixo. Segundo o Fundo de População da ONU (UNFPA), as pessoas descartam 30% dos alimentos que são produzidos no mundo todo. Isso significa que quem gasta 600 reais por mês em comida joga fora o equivalente a 180 reais. Em um ano, serão desperdiçados mais de dois mil reais”, alerta.

“O conceito vale também para as roupas que acabamos não usando, brinquedos para os quais as crianças nem ligam, assinaturas de TV a cabo para quem não tem tempo de assistir, taxas de conta corrente que poderiam ser gratuitas, anuidades de diversos cartões quando a pessoa poderia ter apenas um, eletrodomésticos que são usados uma vez e depois são encostados e por aí vai. Tudo o que leva nosso dinheiro embora e não traz nenhum benefício deve ser considerado desperdício e, portanto, banido da nossa vida!”, opina.

Carolina acredita que diminuir a despesa de supérfluos é muito mais dolorido. “O melhor é começar olhando os gastos essenciais, que muita gente acha que são impossíveis de cortar, mas não são. Pense em trocar de supermercado, deixar a academia e começar a fazer ginástica na rua, trocar o plano do celular ou abandonar a TV a cabo para usar apenas serviços de streaming. Essas diminuições de custos são muito menos sofridas do que passar a sair para jantar em restaurantes mais baratos ou fazer a mão em casa, por exemplo”, sugere.

Além disso, a especialista dá dicas valiosas para quem quer poupar o seu precioso dinheirinho:

  • Pesquise e compare: hoje em dia, ficou muito fácil fazer pesquisas e comparar preços na internet;

  • Temos apego às marcas que sempre usamos, mas você pode ficar de olho em outras que ofereçam produtos tão bons quanto a marca de costume – e por um preço mais em conta;

  • Compre à vista e com desconto, evite parcelar. Quase sempre custa mais caro e a pessoa se coloca em uma situação de risco desnecessária. Quando as parcelas se acumulam, é muito fácil perder o controle e atrasar os pagamentos. Quem não paga a fatura inteira do cartão de crédito se coloca em uma posição extremamente vulnerável e paga juros altíssimos;

  • Evite pedir comida em casa, cozinhar é muito mais barato e saudável. Para quem não tem tempo, uma ideia é cozinhar mais no fim de semana e congelar os pratos para o dia a dia.

¨¨ Priscila Doneda/MdeMulher¨¨

Saúde realiza Campanha de Vacinação Antirrábica

Foto: Micael Nunes
Foto: Micael Nunes

Por: Bianca Lima/Assecom-Bataguassu

 

A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal da Saúde inicia nesta terça-feira, dia 12 de setembro, a Campanha de Vacinação Antirrábica no município.

Segundo a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Paula Romão Dias, a imunização dos animais (cães e gatos) será realizada em todas as unidades de saúde, conforme cronograma definido pela pasta.

Paula explica que nesta terça-feira, dia 12 de setembro, a imunização acontece das 13 às 18 horas (horário de Brasília), na Estratégia da Saúde da Família (ESF) do bairro Jardim São Francisco.

Na sexta-feira, dia 15 de setembro, o cronograma tem sequência com a vacinação sendo realizada no ESF “Dr. Lúcio Ferreira Rosa”, no bairro Jardim Campo Grande, das 13 às 18 horas (horário de Brasília).

A campanha retoma dia 19 (terça-feira), das 13 às 18 horas (horário de Brasília), no ESF do bairro Jardim Acapulco. Dia 21 (quinta-feira), no mesmo horário (13 às 18 horas), as imunizações acontecem no ESF “Dr. Rubens Kimura”, no bairro Jardim Santa Maria.         

Já no dia 26, a vacinação atenderá proprietários de animais residentes das proximidades do ESF Central, das 13 às 18 horas. No dia 28, a campanha acontece das 13 às 18 horas, no ESF “Emiko Resende”, no Distrito de Nova Porto XV. “Vale destacar que os proprietários devem levar as carteirinhas de vacinação de seus animais”, frisa a coordenadora.

Paula frisa que a ação é uma parceria entre o setor de Vigilância em Saúde, que compreende profissionais da Vigilância Sanitária, Controle de Vetores e Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Confira o cronograma completo de vacinação

TERÇA   12/set                  ESF São Francisco                                              13 às 18 horas

Sexta    15/set                  ESF  Campo Grande                                              13 às 18 horas               

Terça     19/set                  ESF Acapulco                                                      13 às 18 horas

Quinta  21/set                  ESF Santa Maria                                                    13 às 18 horas

Terça     26/set                  ESF Central                                                            13 às 18 horas

Quinta 28/set                 ESF “Emiko Resende” – Nova Porto XV        13 às 18 horas    

Desfile Cívico de 7 de setembro discute responsabilidade ética em Bataguassu

Foto; Micael Nunes
Foto; Micael Nunes

Por: Bianca Lima/Assecom-Bataguassu

 

A Avenida Campo Grande, localizada no centro de Bataguassu, mais uma vez recebeu um grande público que acompanhou o desenvolvimento do Desfile Cívico alusivo aos 195 anos da Independência do Brasil, promovido no dia 7 de setembro, por volta das 18h30.

Com o tema “Responsabilidade Ética – Princípios da Cidadania e Independência” e o subtema “O cotidiano como estrutura de soberania e igualdade”, o evento reuniu autoridades municipais, representantes de instituições escolares, entidades, projetos sociais, além de órgãos de segurança pública.

Na abertura do evento, a secretária municipal de Educação e Cultura, Regina Duarte de Barros Dovale agradeceu a presença de todos os presentes e lembrou que a comemoração do 7 de setembro marca o fim do domínio português no País, que assim, passou a ter autonomia política.

Regina enalteceu a presença dos Poderes Legislativo, Executivo e sociedade civil no desfile e destacou a importância do resgate do civismo. “Estamos todos aqui reunidos por amor a nossa pátria. Não podemos deixar que essa situação que o nosso País vive hoje nos deixe de ver o tão maravilhoso e cheio de riquezas o nosso País é. Temos que fazer a nossa parte”, frisou ela.

O presidente da Câmara de Vereadores de Bataguassu, Márcio Carlos da Fonseca parabenizou todos os envolvidos pela organização do evento e também elencou a importância do espírito de civismo e patriotismo para uma reflexão sobre a crise política e econômica que assola o País.

Em seu pronunciamento, o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) parabenizou a equipe da Semec pela organização do evento e lembrou que o Desfile Cívico de 7 de setembro passou a fazer parte do calendário de eventos oficiais realizados no município no primeiro ano de mandato da primeira gestão da atual administração.

Caravina, que é o atual presidente da Assomasul, lembrou sobre o momento de crise política, econômica e administrativa vivido no País e enfatizou que Bataguassu é um município próspero, que vem se desenvolvendo mesmo diante dos desafios. “Temos muito o que melhorar, mas estamos enfrentando esse momento com muito trabalho, empenho e dedicação”, destacou o gestor.

O prefeito acrescentou ainda que o brasileiro não deve abrir mão do civismo e do amor à pátria apesar dos registros de corrupção. “Temos que lembrar que o Brasil é maior que os corruptos, o país é maior do que as decepções que temos presenciado. Nosso país é próspero e com as situações sendo passadas a limpo, o país tem mostrado crescimento. Em breve, teremos um país melhor”, finalizou Caravina.

No decorrer do evento, a banda musical “Ambrósio Lemes”, de Bataguassu entoou os Hinos Nacional e da Independência do Brasil. Houve ainda a apresentação da banda musical do município de Ivinhema (MS).

Nos pelotões, as escolas e instituições apresentaram diversas temáticas, entre elas, a independência através da leitura; a conscientização quanto ao uso da água, a sociedade brasileira no processo da independência e mulher independente.

Bataguassu recebe recursos para ações de vigilância em Saúde

Foto: Micael Nunes
Foto: Micael Nunes

Por: Bianca Lima/Assecom-Bataguassu

Bataguassu atingiu as metas de vigilância em 2016 a partir do Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQA-VS). O município que fez a adesão ao programa em 2016 receberá mais de R$ 16 mil em recursos para auxílio das ações relacionada a área da saúde.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso, o PQA-VS tem como objetivo aperfeiçoar e ampliar a qualificação das ações de vigilância baseados no desempenho em relação aos indicadores estabelecidos pelo programa, com base no cumprimento de metas de 15 indicadores.

Maria Angélica explica que o programa consiste em destinar uma verba adicional de até 20% do Piso Fixo de Vigilância de cada cidade, conforme estes cumpram ações de melhoria do sistema de vigilância em saúde, como alimentar os sistemas de informação sobre mortalidade (SIM), nascidos vivos (SINASC), imunização bem como realizar exames para identificar doenças como malária, hanseníase, tuberculose e sífilis.

Os recursos, por sua vez, segundo ela, destinam-se ao custeio e aperfeiçoamento das ações de vigilância em saúde, como pagamento de pessoal, capacitação, treinamento, ações de educação e mobilização na área de vigilância; confecção de materiais instrutivos; compra de materiais de consumo e para a contratação de serviços de terceiros.

Para Bataguassu, a secretária explica que do total de 7 metas propostas, o município conquistou 5 e receberá o valor de R$ 16.297,21. “O recurso do programa é importante para complementar as receitas do município no que se refere aos gastos com ações de vigilância e saúde e contribui ainda para a melhoria das condições de saúde da população e para a promoção da qualidade de vida dos nossos munícipes”, completa Maria Angélica.

Em todo Estado, dos 79 municípios, 80% alcançaram 90% das metas, com total disponibilizado de R$ 568.801,33.

Prefeitura de Bataguassu decreta ponto facultativo dia 8 de setembro, sexta-feira

Por: Bianca Lima/Assecom-Bataguassu

 

A Prefeitura de Bataguassu decretou ponto facultativo no dia 8 de setembro, sexta-feira. A data procede o feriado de Independência do Brasil, no dia 7 de setembro.

Conforme o documento assinado pelo prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB), atual presidente da Assomasul e publicado em Diário Oficial, considerando a Semana da Pátria e a necessidade de contenção de gastos com custeio da máquina administrativa, estabeleceu-se o ponto facultativo nas repartições públicas municipais.

A publicação esclarece, no entanto, que o decreto não se aplica ao Serviço de Atendimento ao Contribuinte (SAC), Pronto Socorro Municipal, Farmácia Popular, Secretaria Municipal de Infraestrutura e setor de Engenharia por serem considerados de caráter essencial à população.

Os atendimentos serão retomados normalmente na segunda-feira, dia 11 de setembro, em horário normal de expediente.

Copa Assomasul: Três equipes se classificam para próxima etapa da competição

Fotos: Tiago Apolinário
Fotos: Tiago Apolinário

Por: Bianca Lima/Assecom-Bataguassu

Na rodada da Copa Assomasul realizada em Bataguassu no último sábado, dia 2 de setembro, as últimas três equipes se classificaram para a terceira etapa da competição. São elas: Paranhos, Douradina e Porto Murtinho, que irão se juntar a outras 15 equipes que já garantiram suas vagas em rodadas anteriores.

Os confrontos válidos pela terceira fase do maior campeonato amador do Centro Oeste do país reunirá as seguintes equipes: Dourados, Dois Irmãos do Buriti, Ribas do Rio Pardo, Campo Grande, Jardim, Bandeirantes, Maracaju, Bela Vista, Itaquiraí, Sidrolândia, Juti, Sete Quedas, Antônio João, Rochedo, Batayporã, Paranhos, Douradina e Porto Murtinho.

Na sexta e última etapa da segunda fase da competição, no primeiro jogo da rodada, a equipe de Paranhos venceu Porto Murtinho por 3 a 2 e começou a encaminhar sua classificação à etapa seguinte da competição.

No segundo confronto do dia, o time de Douradina goleou Taquarussu por 7 a 2, também deixando sua classificação bem encaminhada.

No terceiro jogo, último desenvolvido no período da manhã, Bataguassu foi derrotado por Porto Murtinho por 2 a 0 e ficou em situação complicada para garantir vaga para a próxima fase da copa.  

À tarde, Paranhos atropelou o time de Taquarussu ao vencer a partida por 8 a 1. Com esse resultado, Taquarussu se despediu da competição e praticamente colocou Paranhos na primeira colocação da etapa.

Na última partida do dia Douradina venceu Bataguassu por 3 a 2 e se classificou em primeiro lugar.

Segundo informações da Assomasul, a organização da Copa se reunirá amanhã, dia 5 de setembro, com representantes das 18 equipes classificadas para definição de datas das partidas, sorteios dos jogos e cidades-sedes.

 ABERTURA

Antes dos jogos, foi realizada a solenidade de abertura do evento. Com a participação especial da Banda Musical “Ambrósio Lemes”, sob a regência do maestro Igor Morais, foram executados os hinos Nacional e do Estado de Mato Grosso do Sul.

Em seu pronunciamento, o prefeito de Bataguassu e presidente da Assomasul, Pedro Arlei Caravina (PSDB) agradeceu a presença de todos os envolvidos na sexta rodada da competição e parabenizou a diretoria de esportes da Assomasul, responsável pela organização do evento, pelo empenho e melhorias implementadas no maior evento esportivo amador de Mato Grosso do Sul. “Sabemos do empenho da equipe organizadora do evento e destacamos que a intenção é agregar mais equipes e municípios para participar da Copa Assomasul”, disse ele, ressaltando que a competição é feita por várias mãos e uma delas é a do Governo do Estado, agradecendo ao governador Reinaldo Azambuja e demais instituições parceiras da Assomasul na realização da competição.

Caravina destacou ainda a fraternidade entre os funcionários e desejou boa sorte a todos os participantes e bom retorno a todos para seus municípios.

Estiveram participando do evento, o prefeito de Taquarussu e diretor de esportes da Assomasul, Roberto Nem; o secretário especial do governo de Mato Grosso do Sul, Edio de Castro; o vereador de Bataguassu, André Bezerra (PT); o secretário municipal de Esportes e Lazer de Bataguassu, Fábio Eduardo da Silva, demais equipes e público presente.

EXPOBATA 2017: Comissão Organizadora entrega valor arrecadado durante a festa para Associação Amor & Vida

Foto: Micael Nunes
Foto: Micael Nunes

Por: Bianca Lima/Assecom-Bataguassu

A Comissão Organizadora da Expobata 2017 entregou ontem, dia 4 de setembro, um cheque no valor de R$ 113,346, 29 mil para membros da diretoria da Associação Amor & Vida – entidade que auxilia dependentes químicos em reabilitação – referente a arrecadação total da tradicional festa realizada este ano de 3 a 6 de agosto, no Parque da Juventude “Fernando Barbosa da Silva”, em Bataguassu.

Durante a entrega, o prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB), atual presidente da Assomasul comentou que a edição 2017 do evento superou todas as expectativas da organização.

Caravina expôs aos presentes as planilhas com os valores de receitas e despesas da festa e agradeceu o apoio da Prefeitura de Bataguassu, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e Sindicato Rural, além dos patrocinadores que auxiliaram financeiramente a realização da festa.

O presidente da Assomasul parabenizou a Comissão Organizadora pelo empenho em prol da festa que tem caráter beneficente e agradeceu ainda a participação de todos os que trabalharam de forma voluntária nos dias de evento.

Segundo ele, o objetivo para 2018 é abrir os portões da festa durante os quatro dias e buscar lucro através de patrocinadores, venda de camarotes, estantes, estacionamento, praça de alimentação, tudo sob responsabilidade da Associação Amor & Vida.  “Vamos estudar essa hipótese, sendo que a intenção é continuar promovendo a festa que já é referência no nosso município e que tem sido a cada ano mais grandiosa, impulsionando o turismo, movimentando comércio local, setores de hotelaria, alimentação, vestuário, entre outros”, frisou ele.

Presente no ato de entrega, o presidente da Associação Amor & Vida, José Carlos Guedes agradeceu a entrega do cheque e destacou que o recurso será utilizado para o custeio cotidiano da instituição que atualmente possui 17 pessoas residentes na fazenda em processo de reabilitação.

Guedes observa que já está em andamento os serviços de reforma dos banheiros e que o recurso veio em uma boa hora para auxiliar as melhorias.

EXPOBATA 2017

A Expobata 2017 foi uma realização da Associação Amor & Vida e Sindicato Rural de Bataguassu, com apoio da Prefeitura, Câmara de Vereadores, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Senar/MS e Sistema Famasul.

O evento contou com uma ampla infraestrutura composta por shows nacionais e locais; praça de alimentação, estacionamento de veículos, segurança privada com apoio também da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Conselho Tutelar; boatinha, exposição de animais, provas de laço e tambor; rodeio e parque de diversões.

Estiveram no palco principal da festa, o grupo Trio Parada Dura, Fernando & Sorocaba e Anthony & Gabriel, além da dupla de Bataguassu, Maylla & Ruan, com participação especial do cantor Lucas Antônio.

Semec altera horário de Desfile Cívico de 7 de setembro

Foto: Micael Nunes
Foto: Micael Nunes

 

Por: Bianca Lima/Assecom-Bataguassu

A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) informa que o Desfile Cívico alusivo ao dia 7 de setembro, data em que se comemora a Independência do Brasil, teve seu horário de início alterado das 16 horas (horário de Brasília) para às 18 horas (horário de Brasília).

A decisão da mudança de horário foi tomada durante reunião realizada na última sexta-feira, dia 1º de setembro, na sede da Semec, que contou com a presença de membros da organização do evento, representantes de escolas e demais instituições que participarão do desfile levando em consideração as altas temperaturas registradas durante os últimos dias.

“Como o desfile envolve a participação de crianças, adolescentes, idosos entre demais pessoas e por conta do calor e da baixa umidade do ar, achamos por bem mudar o horário para que não haja nenhum desconforto e transtorno aos participantes”, explicou a secretária municipal de Educação e Cultura, Regina Duarte de Barros Dovale.

Com a alteração, a concentração do desfile está marcada para às 17 horas (horário de Brasília) e na sequência, às 18 horas (horário de Brasília) tem início o desfile dos pelotões.

DESFILE

Este ano, o desfile cívico de 7 de setembro tem como tema “Responsabilidade Ética – Princípios da Cidadania e Independência” com subtema “O cotidiano como estrutura de soberania e igualdade”. O evento será realizado no mesmo trajeto de anos anteriores – com palanque oficial e dispersão na praça Manoel Cecílio de Lima. Toda a população está convida a prestigiar a atividade.