segunda-feira, 11 dezembro, 2017

Jovem de 21 anos é encontrada morta em Venceslau

No começo de tarde desta quinta-feira(6), na cidade de Presidente Venceslau, Bianca Barreto de Souza, uma jovem de 21 anos, residente na Rua Bocaína, foi encontrada sem vida em seu quarto com indícios de enforcamento.
Segundo informações, os bombeiros haviam sido chamados, porém não obtiveram sucesso em reanima-la, a jovem chegou a ser encaminhada para a Santa Casa da cidade.
De acordo com informações apuradas pelo PORTAL BUENO, a família da jovem encontrou a moça com sinais de enforcamento e acionou o Corpo de Bombeiros.  Houve tentativa de reanimar a moça, porém, sem sucesso.
Peritos da Polícia Civil foram acionados até a residência de Bianca para apurar as causas da morte e o que provocou o enforcamento.

O caso está sob investigação policial.

Com informções de: Portal Bueno

Pirapozinho: Tombamento de caminhão mata motorista na Assis Chateaubriand

Um homem de 43 anos morreu vítima de acidente de trânsito na manhã desta quinta-feira (6), em Pirapozinho, depois que o caminhão que ele conduzia tombou na altura do km 462 da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o acidente aconteceu por volta das 8h10 e o motorista teve uma parada cardíaca e foi encaminhado para o Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente. Ainda de acordo com a polícia, a pista não foi interditada, pois o veículo, com placas de Água Boa (MT), tombou no acostamento.

O HR informou que o paciente deu entrada por volta das 8h45 na unidade de saúde, inconsciente e em estado considerado grave pelo corpo clínico. “Ele foi imediatamente atendido pela equipe de emergência, que tentou reverter o seu quadro de saúde, no entanto, devido à gravidade do caso, o paciente foi a óbito às 9h40”, explicou o hospital.

 G1. Prudente

Idoso de 68 anos é morto a facadas dentro de casa em Pirapozinho

Um idoso de 68 anos foi assassinado a facadas, por volta das 19h45 desta quarta-feira (5), na Vila Marisa, em Pirapozinho. De acordo com as informações da Polícia Civil, os suspeitos de terem cometido o crime são o filho e a nora da vítima.

Segundo o registro, vizinhos acionaram a polícia para comparecer à casa do idoso, que fica na Rua Sátiro Pereira Tosta, após escutarem barulho. Ao chegarem no local, os agentes já encontrou a vítima morta.

Na residência estava o casal, que foi levado à delegacia para prestar depoimento. As investigações vão apontar se o homicídio foi cometido pelos dois ou por apenas um dos averiguados. A dupla não teve a idade divulgada.

Os dois permaneceram detidos na unidade policial. Uma faca e um pedaço de madeira foram apreendidos. A perícia foi acionada para comparecer ao local.

G1 Presidente Prudente

MP e Polícia Civil deflagram operação para combater desvio de verbas

Deflagrou na manhã desta quinta-feira (6), em Sandovalina, a “Operação Tanque Cheio”, realizada pelo Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Civil. A ação visa combater o desvio de verbas, tráfico de influências, corrupção passiva e possíveis crimes eleitorais. Nas investigações, conforme o MPE, foi apurado o desvio de combustíveis, doações irregulares de terrenos públicos e fraude na aquisição de medicamentos.

Mandados de prisões devem ser cumpridos durante a ação. As equipes de investigação recolheram documentos no Posto de Saúde, na Prefeitura e na residência de um dos suspeitos. Até o momento, seis pessoas foram detidas e encaminhadas à delegacia para prestar esclarecimentos.

Policiais recolheram documentos no posto de saúde (Foto: Katiuscia Reis/Tv Fronteira)
Policiais recolheram documentos no posto de saúde (Foto: Katiuscia Reis/Tv Fronteira)

Pedidos de recuperação judicial batem recorde em setembro

Segundo o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, divulgado hoje (5), houve aumento de 66% em comparação com setembro de 2015, mês em que o número de requerimentos somou 147 pedidos

No mês passado, o número de pedidos de recuperação judicial bateram o recorde histórico para meses de setembro, desde 2005, alcançando o total de 244 requerimentos. Segundo o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, divulgado hoje (5), houve aumento de 66% em comparação com setembro de 2015, mês em que o número de requerimentos somou 147 pedidos.

No acumulado de janeiro a setembro deste ano, o crescimento foi de 62%, com 1.479 ocorrências, enquanto, no mesmo período do ano passado, foram 913 requerimentos. A maior parte dos requerimentos de recuperação judicial foi feita por micro e pequenas empresas (917), seguidas pelas de porte médio (357) e as grandes empresas (205).

Para os economistas da Serasa Experian, o recorde atingido pelos pedidos de recuperação judicial em setembro “revela a gravidade da situação financeira das empresas brasileiras, especialmente a das micro e pequenas empresas”.

“Enfrentando prolongada recessão, que deteriora o fluxo de caixa, combinada com adversas condições creditícias – juros altos e restrições de acesso – [as empresas] acabam tendo que recorrer ao instrumento da recuperação judicial como mecanismo de sobrevivência”, disseram os economistas.

Falências

Entre janeiro e setembro deste ano, 1.405 pedidos de falência foram requeridos no país, o que representou aumento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado. Desse total, 740 pedidos foram de micro e pequenas empresas. Com informações da Agência Brasil.

Encontrado maior fóssil de dinossauro do Brasil em Presidente Prudente

Cientistas de várias instituições do país anunciaram na manhã desta quarta-feira (5) a descoberta do maior dinossauro já encontrado no Brasil. Com dimensões de 25 metros de comprimento, o fóssil foi encontrado em Presidente Prudente, no interior do Estado de São Paulo.

A descoberta, anunciada no Museu de Ciências da Terra, na Urca, Zona Sul do Rio, revela novas informações sobre as espécies que habitaram o território brasileiro há milhares de anos. O Austroposeidon magnificus, como foi chamado, teve vértebras do pescoço e da coluna vertebral encontradas.

Com base nas características anatômicas, o animal pode ser classificado no grupo dos titanossauros, que eram dinossauros herbívoros com um corpo bem desenvolvido, pescoço e cauda longa e um crânio relativamente pequeno. Eles habitaram o mundo principalmente durante o período cretáceo, nas áreas onde atualmente são a América do Sul, a África, a Antártida e a Oceania.

A descoberta do fóssil aconteceu na década de 50, pelo paleontólogo Llewellyn Ivor Price, que faleceu em 1980 e não chegou a ver sua descoberta reconhecida.  A demora no anúncio se deve ao tempo necessário para estudar o material.

“Price se preocupou em criar um ambiente de pesquisa. É graças a isso conseguimos criar uma equipe que vem trabalhando, um laboratório adequado e fazer os trabalhos científicos que precedem uma grande descoberta”, afirmou o diretor do Museu de Ciências da Terra, Diógenes Campos.

Alex Kellner, paleontólogo do Museu Nacional/ UFRJ, destaca que uma das principais causas da demora foi a falta de dinheiro e apoio à ciência no Brasil.

“Apenas quando tivemos financiar uma pesquisa continua e que pudemos fazer essa preparação. Também não é um material fácil de manusear. Por último, temos que lembrar que paleontologia não é só feita no Rio”, explicou Kellner.

A tecnologia também ajudou a desvendar os segredos do maior dinossauro brasileiro. Um aparelho de tomografia foi usado para analisar o material encontrado, para estudar a parte interna dos ossos. O estudo revelou características novas para os titanossauros, como anéis de crescimento intercalados com um tecido ósseo mais denso, cujo significado ainda não foi compreendido completamente pelos pesquisadores.

Para que o material ainda tivesse condições de estudo mais de 50 anos depois, o cuidado foi fundamental para preservar os ossos. Eles ficaram em prateleiras de madeira, com temperatura ambiente controlada e a retirada cuidadosa de todos os sedimentos de terra e rocha.

No Brasil, já foram descobertas nove espécies de titanossauros. Antes da descoberta, o maior era o Maxakalisaurus topai, com mais de 13 metros de comprimento.

“Essa espécie entra para o hall das espécies brasileiras e mostra que temos um gigante”, destacou Camila Bandeira, aluna do doutorado do Museu Nacional/ UFRJ e que participou da pesquisa.

De acordo com o diretor do Museu de Ciências da Terra, o Brasil ainda pode descobrir parte de seu passado e até espécies que podem rivalizar em tamanho com o dinossauro anunciado nesta quarta (5).

“A região central do Brasil é riquíssima e com certeza possui muitas descobertas a fazer”, revelou Diógenes Campos.

O estudo é um esforço conjunto de pesquisadores do Museu de Ciências da Terra, do Museu Nacional/UFRJ, da Petrobras, e da Universidade Federal de Pernambuco. O estudo foi financiado pela Faperj e pelo CNPq.

Descoberta do fóssil foi anunciada no Museu de Ciências da Terra, na Urca, Zona Sul do Rio (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Descoberta do fóssil foi anunciada no Museu de Ciências da Terra, na Urca, Zona Sul do Rio (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Fóssil foi encontrado em Presidente Prudente, no interior do estado de São Paulo. (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Fóssil foi encontrado em Presidente Prudente, no interior do estado de São Paulo. (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Animal pode ser classificado no grupo dos titanossauros (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Animal pode ser classificado no grupo dos titanossauros (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Fóssil será exposto no Museu de Ciências da Terra (Foto: Cristina Boeckel / G1)
Fóssil será exposto no Museu de Ciências da Terra (Foto: Cristina Boeckel / G1)
G1

Venceslauence Major Olímpio fica na sexta colocação do número de votos para prefeito de São paulo

Sérgio Olímpio Gomes, paulista de Presidente Venceslau, foi presidente da Associação Paulista dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo e diretor da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Como oficial, exerceu suas funções por 29 anos. É bacharel em ciências jurídicas e sociais, jornalista, professor de educação física, técnico em defesa pessoal, instrutor de tiro e autor de livros voltados para a questão da segurança.

Em 2006, foi eleito deputado estadual com 52.386 votos, tendo sido reeleito em 2010 com 135.409 votos. Em 2015, assumiu seu primeiro mandato como deputado federal após ser eleito no pleito de 2014 com 179.196 votos.

Nestas eleições, candidatou-se a prefeito da cidade de São Paulo, pelo partido SD (Solidariedade). Na apuração dos votos, deste domingo (2), Major Olímpio, contabilizou um total de 116.870, 2,02% dos votos válidos. Mesmo não sendo uma porcentagem tão expressiva, dos onze candidatos a prefeito, ocupou a posição de sexto colocado.

Da Redação