quinta-feira, 26 abril, 2018

Michelle Obama lança livro de memórias

Ex-primeira-dama dos EUA dá a novidade através do Twitter. Livro lançado em novembro

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama vai lançar um livro de memórias em novembro, divulgou hoje a própria numa mensagem na rede social Twitter.

O livro, que terá o título original “Becoming”, é descrito por Michelle Obama como uma “experiência profundamente pessoal”.

Em 2017, Michelle Obama e o seu marido, o ex-Presidente dos Estados Unidos Barack Obama, chegaram a acordo com o grupo editorial norte-americano Penguin Random House para a publicação dos seus livros. Informações divulgadas na altura indicaram que o acordo teria superado os 30 milhões de dólares (cerca de 24 milhões de euros).

As memórias das antigas primeiras-damas dos Estados Unidos são normalmente sucessos de vendas e o livro de Michelle Obama é aguardado com grande expectativa.

O único livro de Michelle Obama, com o título original “American Grown”, é datado de 2012 e é sobre jardinagem.
Barack Obama, que já escreveu dois ‘best-sellers’, “Dreams from My Father” (“A Minha Herança”, título da edição em português) e “The Audacity of Hope” (“Audácia da Esperança”) , ainda não agendou a publicação das suas memórias.

Barack Obama (democrata), o primeiro Presidente dos Estados Unidos afro-americano, cumpriu dois mandatos presidenciais, de 2009 a 2017.

A National Portrait Gallery revelou em fevereiro os retratos oficiais do ex-casal presidencial. As obras, pintadas por dois artistas afro-americanos, figuram na ala presidencial desta galeria da rede de museus Smithsonian, em Washington.

(Expresso) 

Papa se reunirá com jovens às vésperas da Páscoa

Encontro discutirá questões como imigração e fé

Cerca de 300 jovens chegarão ao Vaticano entre os dias 19 e 24 de março para o “Sínodo para os Jovens”, evento que discutirá temas como estudos, fé e imigração. O encontro antecipa o “Sínodo dos Bispos”, que ocorre em outubro. Ambos visam a debater temas que ajudem a formular e criar novas diretrizes para a Igreja Católica como um todo.

O encontro contará com a participação de jovens e adultos entre 16 e 29 anos de idade de diversos países do mundo, independentemente de sua crença. Pessoas que têm uma condição de vida mais difícil, como presidiários, também poderão se inscrever.

A reunião acontece uma semana antes do “Domingo de Ramos” – festa que celebra a chegada de Jesus Cristo a Jerusalém e que antecede a Semana da Páscoa.

Além do encontro, em 25 de março, no “Domingo de Ramos”, o Pontífice celebrará a Procissão e Missa de Ramos, na Basílica de São Pedro, às 10 horas. Já no dia 29, na “Quinta-Feira Santa” – que antecede a celebração da crucificação de Cristo -, acontece, às 9h30, a Missa do Crisma, também na Basílica de São Pedro. Para a “Sexta-feira Santa”, em 30 de março, o líder católico fará a Celebração da Paixão do Senhor, também na Basílica de São Pedro. No mesmo dia, haverá ainda uma Via Sacra no Coliseu, às 17h.

O “Sábado de Aleluia” – dia em que os cristãos se preparam para as comemorações da Páscoa – será marcado pela Vigília Pascal, na Basilica de São Pedro. Por sua vez, o “Domingo de Páscoa” será comemorado com uma missa às 10h e a mensagem “Urbi et Orbi”, na sacada da basílica.Com informações da Ansa. 

(Notícias ao Minuto)

Mais duas grandes empresas retiram sedes de Barcelona

CaixaBank, que controla o português BPI, muda-se para Valência. Energética Gas Natural Fenosa também deixa Barcelona, devido à situação criada pelo referendo, e transfere a sede para Madrid

Depois do Sabadell, o conselho de administração do CaixaBank, banco que controla o BPI, decidiu esta sexta-feira em reunião extraordinária transferir a sua sede social de Barcelona para Valência, devido à possibilidade de uma declaração unilateral de independência da Catalunha.

O banco catalão adotou esta medida depois de o Conselho de Ministros espanhol ter aprovado um decreto-lei que facilita e acelera a tarefa das empresas que queiram mudar a sua sede social da Catalunha para outras regiões do país.

As empresas podem agora mudar a sede social sem terem de reunir a assembleia-geral de acionistas.

De Barcelona para Madrid

Já a espanhola Gas Natural Fenosa, vai transferir, temporariamente, a sua sede de Barcelona para Madrid, na sequência da possível declaração unilateral de independência da Catalunha.

A decisão foi tomada também esta sexta-feira, depois do conselho de administração ter reunido, numa sessão extraordinária.

A sede da multinacional espanhola vai ser transferida para a avenida San Luis, onde já se encontravam os escritórios da Gas Natural e cerca de 1.600 funcionários.

TVI 24

Grupos a favor do casamento gay em Taiwan pedem que Governo acelere aprovação

Da Agência EFE

Grupos pró-direitos dos homossexuais em Taiwan expressaram nesta terça-feira (3) decepção perante a declaração do primeiro-ministro Ilhéu, Willian Lai, que qualificou de “improvável” a aprovação do casamento gay nesta sessão legislativa. A informação é da Agência EFE.

Os grupos pediram a Lai, em coletiva de imprensa, que desse prioridade ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, já que o atraso só prejudica quem espera o reconhecimento de seus direitos e não ajuda a debilitar as vozes contra.

Os ativistas a favor dos direitos dos homossexuais convocaram uma manifestação perante o Palácio Presidencial a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo para 16 de outubro, data que marca o segundo aniversário do suicídio de um gay francês na ilha pelas restrições legais.

Em maio deste ano, o Conselho de Grandes Juízes de Taiwan, que funciona como tribunal constitucional, ordenou que fossem eliminadas todas as limitações legais ao casamento entre pessoas do mesmo sexo no prazo de dois anos.

O premiê taiuanês justificou o atraso na apresentação de leis para acatar a ordem do Tribunal Constitucional pela urgência do debate do orçamento do Governo central.

Analistas políticos na ilha apontam que existe uma forte divisão de opiniões em Taiwan sobre a legalização do casamento homossexual e que, perante as eleições locais de novembro de 2018, os partidos políticos preferem não abordar o asunto.

Mulher que já pesou meia tonelada morre aos 37 anos

A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, que já foi considerada a mulher mais pesada do mundo, morreu nesta segunda-feira (25), aos 37 anos, devido a complicações de doenças cardíacas e renais, segundo informou o Hospital Burjeel, em Abu Dhabi, onde estava internada.

Em fevereiro deste ano, quando estava em Mumbai, na Índia, a egípcia estava pesando mais de meia tonelada. Ela sofria de elefantíase, uma patologia que provoca o inchaço nas pernas, braços e em outras partes do corpo.

A paciente era atendida por uma equipe de 20 médicos desde que chegou ao Emirados Árabes Unidos, em maio. Além da patologia e dos diversos problemas cardíacos e renais, a egípcia tinha diabetes, hipertensão e insônia.

Eman Ahmed não saia de casa há 25 anos e ganhou, em março, uma nova chance de melhorar a qualidade de sua vida ao realizar na Índia uma cirurgia de redução de peso. Através da operação e de uma dieta líquida, a egípcia chegou a perder cerca de 254 quilos.

Atualmente a mulher mais pesada do mundo é a norte-americana Pauline Potter, que em julho estava com 293 quilos. Com informações da ANSA

Presidente autoriza polícia a matar filhos flagrados com drogas

Um dos filhos de Rodrigo Duterte, Paolo Duterte foi acusado por opositor de facilitar contrabando de metanfetamina

Famoso pelo tom belicoso de suas declarações, o presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, deu uma ordem, no mínimo, inusitada aos policiais do país: eles podem matar qualquer um dos filhos dele, caso sejam flagrados com drogas. “Minha ordem foi: se algum dos meus filhos está envolvido com drogas, podem matá-lo. Assim o povo não pode dizer nada contra mim”, disse o chefe de Estado, em mencionado pelo site local The Straits Times.

As palavras tinham um destinatário: o senador filipino Antonio Trillanes, que afirmou anteriormente que o filho mais velho de Duterte, Paolo Duterte – vice-prefeito da cidade de Davao – integraria um grupo chinês que estaria envolvido com tráfico de drogas.

Como resultado dessas alegações, o presidente declarou ter informado seu filho Paolo sobre suas ordens à polícia. “Minhas ordens [são] para matá-lo se você for pego [com drogas], e eu protegerei o policial que vai matá-lo”, garantiu Duterte.

Após chegar à presidência das Filipinas, em junho de 2016, Duterte lançou uma campanha violenta contra traficantes de drogas e dependentes químicos, medida que custou a vida de milhares de pessoas, provocando críticas generalizadas da comunidade internacional. Com informações da Sputnik News Brasil.

ONU abre inscrições para selecionar jovens profissionais

Foto: Reuters
Foto: Reuters

Por: Agência Brasil

 

O Programa Jovens Profissionais (YPP, na sigla em inglês) da Organização das Nações Unidas está com as inscrições abertas para a temporada 2017. Os selecionados receberão um convite para trabalhar na ONU nas áreas contempladas pelo YPP.  A informação é da ONU News.

O projeto tem dois objetivos: 1) trazer para as Nações Unidas novos talentos que tenham nascido em países com pouca representação profissional dentro da organização; e 2) reconhecer o talento de funcionários da ONU que buscam promoção de categoria.

Este ano, o concurso envolve três setores de trabalho: 1) Política, Paz e Setor Humanitário, para as áreas de direitos humanos, assuntos civis, políticos e humanitários, direito e segurança; 2) Administração e Gerência, para quem tem experiência em administração, auditoria, finanças, recursos humanos e ética; e 3) Informação Pública e Conferências, para quem é das áreas de conferências, documentação, informação, línguas e protocolo.

São vários os critérios para a candidatura. Entre eles,  ser cidadão de um dos países-membros da ONU que participam do Programa Jovens Profissionais 2017. Angola, Brasil, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor-Leste são nações incluídas na lista. É preciso também ter 32 anos ou menos, diploma de bacharel na área escolhida, e ser fluente em inglês ou francês.

Etapas

Pela primeira vez, os escolhidos para fazer a prova na área de Política, Paz e Setor Humanitário farão o exame em outubro, usando uma plataforma online. Para as outras duas categorias, a prova será escrita e a pessoa precisa estar presente no dia 14 de dezembro, em vários locais ao redor do mundo.

As candidaturas devem ser feitas pela internet, no site inspira.un.org, até 22 de agosto. Haverá uma triagem e os candidatos selecionados nesta primeira etapa terão o direito de fazer a prova. Quem for aprovado na parte escrita do exame passa depois por uma entrevista. Candidatos que tiverem sucesso em todas as fases receberão o convite para trabalhar nas Nações Unidas.

Mensagem de paz nos tempos modernos

Por: Gabriel Freire Torres

 

Foram tempos difíceis para o mundo. Uma guerra que devastou e trouxe resultados negativos hoje completa 73 anos de um dos passos mais marcantes para o seu término.

Tendo em vista esta situação, peço para que cada um construa hoje o seu “DIA D”. Trabalhe, estude e viva da sua melhor maneira.

Que nesses tempos sujos onde o poder insiste em nos separar, possamos ser cada vez aliados, fortalecendo assim a união do povo e dando início a uma longa caminhada de recuperação da humanidade.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Adolescente com câncer terminal faz último pedido e recebe mais de 30 mil cartas

Foto: Reprodução/ Instagram (Esquerda) Twitter (Direita)
Foto: Reprodução/ Instagram (Esquerda) Twitter (Direita)

Por: Extra

 

Diagnosticada com um raro tumor no cérebro no ano passado, Sabine Wortelboer, de 15 anos, lutou contra a doença enquanto respondeu ao tratamento. No entanto, o resultado dos últimos exames mostrou um avanço do câncer, e a adolescente escolheu deixar o hospital onde estava nos Estados Unidos e voltar para sua casa, na Holanda.

Na última quinta-feira, Sabine publicou em rede social seu último desejo: receber cartas de muitas pessoas. O pedido foi atendido e, até esta terça-feira, ela recebeu mais de 30 mil. O serviço postal holandês precisou até mesmo montar uma equipe especial apenas para processar as correspondências endereçadas à casa de Sabine, segundo a emissora “RTLNieuws”.

“Eu acharia muito bom, pela última vez, se recebesse cartas de muitas pessoas. Quem quiser, pode enviar para minha nova casa: Dullaert Rua 33 em Hulst, 4561 KA. Eu acho que é hora de dizer adeus. Muito amor, Sabine”, escreveu a adolescente em publicação no Facebook.

O irmão da adolescente, Sol Wortelboer, é um apresentador de televisão e aproveitou a notoriedade para divulgar nas redes sociais uma campanha de financiamento coletivo que tornou possível a ida de Sabine para os Estados Unidos fazer o tratamento contra o tumor. Inicialmente, a adolescente pareceu reagir à medicação, mas uma inflamação gastrointestinal impediu que o tratamento continuasse. Com isso, o câncer voltou de forma mais agressiva. De acordo com a mãe da adolescente, Ilse Wortelboer, sua filha não tem mais muito tempo de vida, informou o jornal holandês “Algemeen Dagblad”.

“Depois do resultado, decidi parar com toda a medicação. Não está funcionando mais”, afirmou Sabine.

Em uma publicação no Instagram, Sol registrou a gratidão pelas mensagens positivas enviadas à irmã.

“Um dos 30 mil cartões que Sabine recebeu. Palavras não conseguem descrever nossa gratidão. Estou sendo levado por uma onda de amor. Sabine caminha em direção à luz”, escreveu Sol.

Maduro convoca ‘assembleia cidadã’ para nova Constituição na Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, convocou nesta segunda-feira uma Constituinte “popular” para redigir uma nova Carta Magna, cujos integrantes serão eleitos por setores da sociedade e não pelo voto universal.

“Convoco o poder constituinte originário para alcançar a paz de que o país precisa, para derrotar o golpe fascista, uma Constituinte cidadã, não de partidos políticos. Uma Constituinte do povo”, disse Maduro, diante de milhares de simpatizantes reunidos no centro de Caracas por ocasião do Dia do Trabalhador.

O presidente socialista anunciou que entregará nesta segunda-feira ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE) as bases do processo, que contempla a eleição de 500 constituintes, uma parte por setores sociais que escolherão diretamente seus representantes e a outra parte por municípios.

“Será uma Constituinte eleita com voto direto do povo para eleger uns 500 constituintes: 200 ou 250 pela base da classe operária, as comunas, missões, os movimentos sociais (…) Os movimentos de pessoas com deficiência vão ter seus constituintes próprios eleitos, os pensionistas”, detalhou o presidente.

Maduro disse que os demais constituintes “vão ser eleitos em um sistema territorializado, com caráter municipal e local”.

A atual Carta Magna venezuelana – em vigor desde 1999 – estabelece que a Assembleia Nacional Constituinte é convocada para “transformar o Estado, criar um novo ordenamento jurídico e redigir uma nova Constituição”.

Pode ser convocada pelo presidente no Conselho de Ministros, o Parlamento mediante acordo de dois terços de seus integrantes, os conselhos municipais (câmaras de vereadores) ou através das assinaturas de 15% dos eleitores.

Os membros da Constituinte de 1999 foram eleitos mediante votação nacional e não por setores, como propõe Maduro, e pertenciam majoritariamente ao chavismo.

“Entrego-lhes do poder que me deu Hugo Chávez, vão vencer a batalha”, acrescentou o chefe de Estado, que dará detalhes de seu anúncio nas próximas horas.

Oposição repudia ‘prostituinte’

A liderança opositora rejeitou a convocação de Maduro, advertindo que ela aprofunda a crise política e reafirma uma tentativa de “golpe de Estado” contra o Parlamento, pois o que se pretende é convocar uma Constituinte “escolhida a dedo”.

Maduro “quer dar um salto de uma vez a um sistema tipo [o de] Cuba”, denunciou Julio Borges, presidente do Parlamento, único dos poderes controlado pela oposição.

“Diante da fraude constitucional da Constituinte que o ditador acaba de anunciar, povo na rua a desobedecer semelhante loucura!”, reagiu o líder opositor e ex-candidato à Presidência, Henrique Capriles.

O deputado opositor Henry Ramos Allup assegurou que “o que Maduro convocou não é uma constituinte, mas uma ‘prostituinte’”.

A oposição acusa Maduro de tentar dar um golpe de Estado, depois que o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) assumiu os poderes do Legislativo e retirou a imunidade dos deputados.

As duas medidas foram anuladas em meio a uma forte pressão internacional, mas os opositores consideram que a violação permanece.

AFP