domingo, 27 maio, 2018

5 sinais de que você está dando muito poder para pessoas negativas.

Algumas pessoas podem acabar afetando demais a nossa vida com sua energia negativa. Veja como mudar isso!

Você já esteve tão incomodado pelo comportamento de alguém a ponto de passar noites em claro pensando nessa pessoa? Você já se percebeu reclamando sobre o mesmo colega de trabalho todos os dias?

Pessoas negativas deveriam ocupar o menor espaço em nossa vida, contudo, seu comportamento tóxico pode facilmente tomar mais nosso tempo e energia do que merecem.

Se você está trabalhando ao lado de um murmurador constante ou lidando com um chefe excessivamente crítico que insiste que seu trabalho nunca é bom o suficiente, eles podem causar estragos na sua vida se você não tomar cuidado.

Aqui estão cinco sinais de que você está dando muito poder para pessoas negativas em sua vida:

1.      Você fala muito sobre elas.

Expor suas insatisfações a respeito de alguém não ameniza a sua raiva. Pelo contrário, pesquisas mostram que isso alimenta ainda mais o “fogo”. Quanto mais você fala sobre os hábitos irritantes de uma pessoa, seu mau comportamento ou comentários ofensivos, mais poder e influência essa pessoa terá sobre você. Além disso, cada minuto que você gasta reclamando sobre alguém são 60 segundos da sua vida que você devota para a negatividade desse indivíduo. Você deveria gastar esse mesmo tempo falando sobre assuntos mais proveitosos e positivos.

2.      Você pensa nelas quando elas não estão por perto.

Alimentar pensamentos sobre o mau comportamento de alguém ou repetir inúmeras vezes a mesma conversa, dá à pessoa negativa poder sobre sua mente. Quanto mais tempo você gastar pensando nelas, mais tempo elas terão de você. Só o fato de temer e tentar a qualquer custo evitar uma interação futura com essa pessoa negativa, já dá poder a ela. Qualquer esforço que você faça em relação a essa pessoa, até mesmo a fim de evitar o contato, será um desperdício de tempo e energia.

3.      Você permite que eles limitem sua vida.

Dizendo coisas do tipo, “minhas festas de família são arruinadas sempre que meu irmão vai” ou “Eu nunca vou gostar do meu trabalho enquanto meu chefe estiver aqui”. Isso permite que pessoas negativas limitem sua vida. Observe a si mesmo com sinceridade e veja o quanto de impacto uma pessoa pode exercer sobre você. Generalizações e previsões pessimistas podem se transformar em profecias auto-realizáveis se você não tomar cuidado.

4.      Você permite que elas controlem suas emoções.

Ficar frustrado ou com raiva com um comportamento inadequado de outra pessoa é normal. Mas não é saudável você permitir isso controlar e alterar o seu estado emocional. Talvez uma pessoa negativa pode fazer com que você demore horas para se acalmar e fazer seu estômago se contorcer só de pensar nelas. Fortes reações emocionais e fisiológicas são um sinal de que elas estão tendo um impacto muito grande em sua vida.

5.      Você permite que elas influenciem negativamente o seu comportamento.

Estar cercado por muita negatividade pode te levar a um “se não pode vencê-los, junte-se a eles.” Por exemplo, se as pessoas com as quais você convive tem o hábito de mentir, você pode se sentir obrigado a ser igual apenas para ser bem recebido e deixar que suas emoções sejam moldadas pelo grupo ao qual pertence.

No entanto, não importa o que você faça, se isso não estiver alinhado com seus valores pessoais intrínsecos, você está dando poder demais para pessoas tóxicas em sua vida.

Como recuperar o controle

Há algumas formas de recuperar seu controle e se blindar de pessoas negativas. Mesmo se você não puder manter distância dessas pessoas, você pode definir limites saudáveis e impedi-los de drenar sua força mental.

Escolha focar em coisas mais produtivas na sua vida. Comprometa-se a lidar com suas emoções de uma maneira saudável. E decida concentrar-se no que você pode controlar: seus pensamentos, sentimentos e comportamentos.

(Tudo Inverso) 

Você se protege da luz do seu computador?

Usar o protetor solar diariamente ajuda a proteger, inclusive, da luz emitida pelo computador e a prevenir manchas

Muita gente não se atenta a um detalhe importantíssimo, que pode causar manchas no rosto e acelerar o envelhecimento precoce, a luz visível emitida pelo computador. E isso é um problema que vem crescendo muito, pois cada vez mais a rotina das pessoas é em frente ao computador.  

Por esse motivo é importante o uso diário do protetor solar. Muita gente pensa que por ficar preso em ambientes fechados o dia todo não precisa usar o protetor, mas não é bem assim.  As luzes artificiais, inclusive a do computador, são prejudiciais à saúde. Portanto, independente do local de trabalho, o protetor solar precisa se tornar uma obrigação na rotina das pessoas.

Cuide bem de você! 

O poder do mel para a pele

Máscaras com mel ajudam a revigorar, hidratar e eliminar toxinas de uma maneira natural

Com a vida corrida que levamos, muitas vezes, deixamos de lado alguns cuidados com o nosso rosto e nos dedicamos apenas ao básico. Por isso, sempre que sobrar aquele tempinho é importante cuidar um pouco mais da pele da região, nutrindo-a, limpando- a profundamente e eliminando as toxinas.

 Um aliado poderosíssimo e natural para ajudar é o mel, pois ele é rico em minerais, enzimas naturais e vitaminas. Além disso, ele também ajuda a limpar as impurezas da pele por conta do seu poder antibacteriano.

 “As propriedades do mel são fantásticas e envolvem fatores fortalecedores do sistema imunológico, sedativo, antiséptico,  antioxidante e  tonificante, portanto um poderoso rejuvenescedor”, explica Lucienne Souza, cosmetóloga e CEO do Grupo SPA da Pele.

Para ajudar, Lucienne Souza separou algumas receitinhas com mel para deixar o rosto lindo e saudável, de uma maneira prática, segura e barata.

Para tonificar e revigorar: Prepare em partes iguais um pouquinho de aveia e bastante mel morno. Aplique enquanto morninho sobre a pele uma camada bastante generosa e deixe aproximadamente 30 minutos retire com água  morna.

Para peles oleosas: Tire as cascas e as sementes de 1 mamão papaia. Aqueça levemente 3 colheres de mel e bata tudo no liquidificador. Depois é só aplicar na pele, com o hidratante ainda morno, esperar 20 minutos e tirar com água fria.

 Para esfoliar: Misture 1 xícara (de chá) de mel, ½ xícara (de chá) de água morna e 25g de linhaça. Em seguida, leve a mistura por 3 horas na geladeira. Depois é só retirar e passar por todo o rosto com movimentos circulares suaves para não danificar a pele.Retirar com água fria. 

FENG SHUI PARA GAVETAS

Confira dicas para harmonizar e organizar este espaço

Você acha que sua vida está monótona ou que os acontecimentos têm apresentado muita lentidão? Ou ainda percebe que não tem tempo para nada, que está com muita coisa para fazer, que não dá conta das tarefas ou que carrega o mundo nas costas? E não há espaço para novidades? Provavelmente suas gavetas estão cheias de coisas sem utilidades, itens quebrados, remédios ou cremes vencidos, papeis inúteis, livros esquecidos e pouco ou nenhum espaço para nada mesmo, a não ser para a energia estagnada que cria obstáculos invisíveis percebidos nas sensações aqui descritas.

Chegou a hora de reverter essa situação e melhorar as energias com uma simples atitude: arrumar a gaveta. Comece com a gaveta do gabinete do banheiro, a da mesa de cabeceira ou do criado-mudo, seguindo para a gaveta da mesa de trabalho, a do armário da cozinha e a do guarda-roupa, e você descobrirá que o tempo dedicado a essa tarefa será um convite a novas oportunidades, à renovação energética e à abertura de caminhos.

Vale lembrar que há muito simbolismo nas gavetas. No Feng Shui do Chapéu Negro, em geral, este espaço representa a energia de projetos futuros, desejos e metas, principalmente as gavetas dos criados-mudos.

Já os armários da cozinha simbolizam finanças, e isso inclui as gavetas desse ambiente. Sendo assim, confira abaixo dicas para harmonizar e organizar suas gavetas.

DICAS PARA ORGANIZAR AS GAVETAS

Primeiramente reduza os itens: verifique o que realmente tem uso e descarte ou recicle o que não for necessário ou útil;

  • Nas primeiras gavetas de um móvel, coloque os itens mais usados;

  • No fundo das gavetas, coloque as coisas menos usadas;

  • Se preferir, rotule os temas nas gavetas com etiquetas, guardando os objetos de acordo com cada segmento (ferramentas ou itens de costura, por exemplo);

  • Pequenas caixas e divisórias são indicadas para guardar objetos menores;

  • Objetos cortantes ou pontiagudos devem ficar fechados em caixas para não causar acidentes;

  • Organize os itens por cores (funciona bem para roupas);

  • Distribua cada objeto de acordo com sua função/utilidade (por exemplo: materiais de escritório);

  • Verifique a data de validade de remédios, alimentos, cosméticos e produtos de limpeza, e descarte adequadamente os produtos vencidos;

  • Não use as gavetas para esconder bagunças.

(Personare) 

CUIDAR DAS EMOÇÕES É CUIDAR DO CORPO

Entenda como a sua saúde emocional afeta a saúde física

A saúde como um todo começa nas emoções, é processada pela mente (consciente ou inconsciente) e é materializada no corpo. Todos nós temos sensações que se expressam através de bem-estar, desconforto, insegurança, e temos também emoções como raiva, paixão, desprezo.

Num acesso de raiva, por exemplo, se não pensarmos antes de agir podemos reagir com violência, batendo em alguém, gritando com alguém, quebrando objetos, dirigindo perigosamente. Mas, como nós pensamos e somos conscientes das conseqüências de nossos atos, vamos reprimir nosso impulso e a manifestação da emoção terá sido represada. O que acontece com nosso corpo?

Nosso corpo reage. Não será difícil que, no decorrer do dia, sintamos uma ligeira dor nos músculos do braço, do ombro, ou dores nas articulações do pulso e dos dedos. Também não será de estranhar que depois de um tempo nossa boca comece a amargar e a cabeça comece a doer.

A energia que ficou presa vai desequilibrar esse todo que nós somos e vai se manifestar no corpo físico. Vamos adoecer.

A emoção é uma qualidade de energia, o pensamento outra e o corpo outra. Todas podem ser medidas em laboratório e existem meios para isso, como o eletroencefalograma, aparelhos que detectam alterações na freqüência respiratória, batimentos cardíacos, pressão arterial. Como somos um todo, se desequilibramos qualquer uma delas, todas são afetadas.

Repare: quando estamos amando, nosso corpo é leve; quando estamos preocupados nosso corpo é pesado; quando estamos irritados nosso corpo coça; quando estamos nervosos nosso corpo pulsa.

Nosso corpo nos dá todas as dicas para que possamos compreender qual é a emoção que deve ser trabalhada, mas na maior parte das vezes “esquecemos” de vincular o problema físico a uma emoção anterior. Tratamos a alergia, as dores, a febre, e a causa emocional permanece latente, o que faz com que o problema volte a aparecer na maioria das vezes.

É de fundamental importância que cuidemos do corpo doente, que consultemos um médico e sigamos sua orientação. Mas é igualmente importante ficarmos atentos ao aspecto emocional que gerou a doença física. Os florais são uma terapia completar eficiente para colaborar, senão na cura das doenças do corpo, na suavização dos sintomas. Silenciosamente, as essências vão agindo no sentido de trabalhar as emoções que desencadearam a doença até que, de forma consciente ou não, o indivíduo se fortaleça e consiga obter a melhora desejada: sua recuperação.

(Personare)

Biotina é boa para os cabelos, pele e unhas

Nutriente também ajuda na melhor absorção de outras substâncias

A biotina é uma vitamina do complexo B. Ela também é conhecida como vitamina B7 e vitamina H. Trata-se de uma vitamina hidrossolúvel produzida no intestino pelas bactérias e obtida por meio da alimentação.

Assim como outras vitaminas do complexo B, a biotina está relacionado ao metabolismo das gorduras, carboidratos e proteínas. Ela também é essencial para a saúde da pele, unhas e cabelos.

Benefícios comprovados

Bom para a pele: A biotina é muito benéfica para a pele, isto porque ela ajuda no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras o que acaba melhorando a saúde da pele. A ausência da biotina pode fazer com que a pele fique seca, escamosa e com vermelhidão em volta da boca e nariz.

Bom para o cabeloA ausência da biotina pode causar a queda de cabelos e também fazer com que os fios fiquem enfraquecidos. Ainda não é certa a relação entre o nutriente e os cabelos, mas alguns especialistas acreditam que a biotina tem relação com a produção de queratina, proteína que compõe o cabelo

Bom para as unhas: A falta de biotina pode enfraquecer as unhas. Alguns especialistas acreditam que isto ocorre porque o nutriente tem relação com a produção de queratina, proteína que compõe as unhas.

Ajuda na absorção correta dos nutrientesA biotina, juntamente com outras vitaminas do complexo B, contribui para o metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas, fazendo com que o corpo os absorva da melhor maneira.

Benefícios em estudo

Bom para quem tem diabetes: Como a biotina ajuda a metabolizar melhor os carboidratos, alguns estudos apontam que a biotina pode ser interessante para diabéticos. Contudo, ainda são necessárias mais pesquisas para se comprovar este benefício.

Deficiência de biotina

A deficiência de biotina é extremamente incomum porque este nutriente está muito presente na alimentação. Contudo, quando acontece os sintomas da ausência do nutriente são: fraqueza nas unhas e cabelos, calvície, pele seca e escamosa e vermelhidão em volta do nariz e da boca. Outras complicações que podem ocorrer são conjuntivite, dermatite exfoliativa, dores musculares e lassidão, acompanhada de aumento da glicemia.

Combinações da biotina

Para proporcionar os benefícios mencionados, a biotina precisa ser ingerida com as outras vitaminas do complexo B. Além disso, é importante que ela faça parte de uma dieta balanceada.

Fontes da biotina

As principais fontes de biotina são o amendoim, as nozes, o tomate, a gema do ovo, a cebola, a cenoura, alface, couve-flor e amêndoa. A carne vermelha, o leite, as frutas e as sementes também contam com o nutriente.

Quantidade recomendada de biotina

  Quantidade recomendada do nutriente
Bebê de 0 a 6 meses 5 mcg
Bebê de 7 a 12 meses 6 mcg
Criança de 1 a 3 anos 8 mcg
Criança de 4 a 8 anos 12 mcg
Jovem de 9 a 13 anos 20 mcg
Jovem de 14 a 18 anos 25 mcg
Adulto de 19 a 70 anos 30 mcg
Gestantes 35 mcg
Lactantes 35 mcg

O uso do suplemento de biotina

O suplemento de biotina só é orientado quando a pessoa manifesta sintomas da ausência deste nutriente. A suplementação só pode ser realizada por um nutricionista ou médico nutrólogo.

O excesso de biotina

O consumo excessivo de biotina só ocorre por meio da suplementação e não tem grandes complicações, pois o nutriente é excretado pela urina.

Fonte consultada:

Nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki.

(Minha Vida)

Pessoas realmente gostam mais de cães do que de humanos

Todos já imaginavam isso! Estudo descobriu que muitas pessoas sentem mais empatia por cachorros do que com outros seres humanos

Só quem tem um cachorrinho em casa sabe o amor que ele é capaz de proporcionar. Muitos donos tratam esses bichinhos como se fossem seus filhos e fazem de tudo por eles. Um estudo acaba de confirmar o que todos nós já sabíamos: grande parte das pessoas gostam mais de cachorros que de outras pessoas.

Para verificar essa teoria, psicólogos da Northeastern Universtity, nos Estados Unidos, realizaram um experimento no qual foram distribuídas quatro notícias falsas, supostamente publicadas no Boston Globe, a 256 estudantes de graduação.

As informações tinham vítimas diferentes: um adulto na faixa dos 30, um bebê de um ano, um cãozinho recém-nascido e um cachorro mais velho, com seis anos de idade. Nos relatos, todos eram encontrados feridos após serem espancados com um bastão de beisebol.

O artigo cientifico, publicado na revista Society & Animals, mostrou como a notícia havia sido dada para os voluntários, mudando apenas o protagonista: “De acordo com as testemunhas presentes no local, um ataque particularmente cruel envolveu um filhote de um ano de idade que foi golpeado com um taco de beisebol por um atacante desconhecido. Chegando ao local do crime alguns minutos após o ataque, um policial encontrou a vítima com uma perna quebrada, lacerações múltiplas e inconsciente. Ninguém foi preso.”

Depois de lerem as notícias, os voluntários foram questionados sobre como se sentiram, os especialistas usaram perguntas especificas para medir seus níveis de empatia. Os resultados indicaram que o bebê canino, o bebê humano e o cão adulto despertaram em todos mais piedade que o humano adulto.

Na verdade, os níveis de empatia para o cachorrinho, cachorro mais velho e bebê humano estavam em níveis semelhantes, enquanto a pessoa adulta chegou a última. O cão adulto só recebeu pontuações mais baixas de empatia quando comparado com o bebê. Além disso, a comoção foi maior entre mulheres do que os homens.

A equipe levantou a hipótese de que a vulnerabilidade das vítimas – determinada pela idade e não pelas espécies – seria o fator mais importante nos níveis de angústia e preocupação dos participantes.

De acordo com os investigadores, a inspiração para a pesquisa surgiu depois de um caso real, que aconteceu no estado norte-americano do Arizona em 2014. Um garoto de quatro anos foi atacado violentamente por um cão de grande porte, e precisou passar por diversas cirurgias de reconstrução facial. Então, uma campanha foi criada para ajudá-lo e alcançou apenas 500 seguidores no Facebook. Ao mesmo tempo, uma página criada por ativistas para evitar que o cão responsável pelo ataque fosse sacrificado e obteve 40 mil seguidores em pouco mais de uma semana.

Com essa conclusão, os pesquisadores revelaram que isso servirá como apoio para criação de campanhas de prevenção contra maus-tratos mais eficientes, como usar imagens de filhotes em vez de cenas de agressão. “Ao enfatizar a vulnerabilidade, em vez de focar na exposição à violência e agressão, programas inovadores podem revolucionar a prevenção de casos de abuso de animais”, comentaram.

(Minha Vida)

 

Arnica é indicada em casos de lesões e picadas de insetos

Planta se destaca por contar com ação analgésica, anti-inflamatória e cicatrizante

Arnica é uma planta medicinal com propriedades antissépticas, anti-inflamatórias, adstringentes e anestésicas. Suas partes benéficas para a saúde são as flores, folhas e o caule subterrâneo (rizoma) e ela não deve ser ingerida, mas sim aplicada na pele.

No Brasil existem diversas espécies de plantas conhecidas com o nome de arnica e todas pertencem à família botânica das Asteracea. Também existe a arnica verdadeira (Arnica Montana), de origem europeia. Ambas são benéficas para a saúde, mas a arnica brasileira só pode ser aplicada na pele.

Nutrientes da arnica

Os nutrientes da arnica podem ser encontrados em suas flores, folhas e caule subterrâneo. Nestas partes da planta estão presentes óleos essenciais, taninos e flavonoides, que possuem forte ação antioxidante. A arnica também conta com helenalina, que é uma lactona com forte ação anti-inflamatória, responsável pelo alívio quando há contusões.

Benefícios em estudo da arnica

Ação anti-inflamatória: Diversas pesquisas apontam que a arnica conta com uma forte ação anti-inflamatória.

Boa em casos de lesões: a arnica conta com propriedades analgésicas e anti-inflamatórias por isso é interessante aplica-la em casos de pancadas. A planta também tem ação cicatrizante. A principal responsável por este benefício é a helenalina.

Boa contra picadas de insetos: As propriedades da arnica fazem com que ela seja uma boa alternativa aplicar a arnica na pele em caso de picadas de insetos.

Boa em casos de dores reumáticas: A arnica ajuda a aliviar este tipo de dor, pois além da atividade analgésica também é tem um poder anti-inflamatório.

Como consumir

Existem várias maneiras de utilizar a arnica, ela pode ser consumida na forma de gel, loção e compressas de chá em casos de contusões, dores reumatológicas e edemas. A arnica não deve ser ingerida. Isto porque o chá de arnica é extremamente toxico e pode causar náuseas, vômitos, dores abdominais, tontura, arritmias cardíacas e até o aborto espontâneo. O uso via oral deve ser prescrito sob acompanhamento de um médico homeopata.

Os preparos como loção e creme geralmente são industrializados ou feitos em farmácias de manipulação. Já o chá basta ferver a água com as flores da arnica e embebedar uma compressa colocando-a no local desejado.

Cuidados ao consumir

O principal cuidado ao consumir a arnica é não ingeri-la.

(Minha Vida) 

 

Ser amigo dos filhos é bom ou ruim?

“Pais e filhos não foram feitos para ser amigos. Foram feitos para ser pais e filhos.” Millôr Fernandes

  • Muitos pais se preocupam com a educação que devem dar para os filhos. Mais do que apenas liderar os pequenos, os pais querem ser seus amigos e manter um vínculo de amor. As opiniões são muito divergentes quanto a isso e a experiência mostra que cada pessoa pensa diferente a este respeito.

  • A geração Y (adultos na faixa de 25 a 35 anos), busca ser o melhor amigo dos filhos. Foi observado que estes pais haviam sido criados com menos regras e com mais diálogo, além de superproteção. Este estilo de educação foi responsável por novos modelos de família, o que é possível ver muito claramente, além de adultos imaturos emocionalmente, mas que tiveram uma aproximação positiva com seus responsáveis.

  • Muitos pais têm terceirizado a educação de seus filhos e isso também permite que sejam mais amigos, sem serem chatos ou colocadores de limites, fazendo as vontades dos filhos e evitando brigas e desentendimentos. Desgastes comuns a pais de outras gerações são visivelmente evitados.

  • Olhando por outro prisma, a amizade dos pais com os filhos é importante desde que seja mantido o equilíbrio. Filhos sentem maior segurança quando possuem pais que os entendam, mas que impõem limites. Hierarquia pode ser ensinada sem autoritarismo. Eles precisam entender que a amizade entre eles e seus pais é diferente da de seus amigos da mesma idade. E o aprendizado vem com a maneira de tratamento que os pais lhes oferecem.

  • Ser amigo dos filhos com a visão correta será bom. Brincar, elogiar e transmitir afeto é excelente na criação dos pequenos, mas as regras não podem faltar. O objetivo dos pais não deveria ser o de tornar-se amigo de seus filhos, mas o de ser pais amáveis e realmente preocupados com seu bem-estar atual e futuro. Crianças mimadas normalmente se tornam em adultos com fraca resistência às frustrações da vida. Contrariar o filho nas escolhas incorretas provavelmente trará um retorno negativo da criança, que com certeza gerará uma situação incômoda para ambos, mas com o tempo ele entenderá que essa posição firme dos pais era a expressão de seu amor e preocupação. Mesmo que o filho não admita, ele naturalmente espera por regras para sua educação. Haverá maior cumplicidade no relacionamento deles quando além de saber impor os limites, os pais souberem como expressar seu amor.

  • Para se tornar um bom amigo-pai-mãe dos filhos, algumas práticas são muito aplicáveis e trarão resultados positivos depois de um tempo:

  • 1. Comunicação saudável

  • Saber a respeito da vida dos filhos, perguntar sobre a escola e colegas com real intenção de conhecer a rotina deles é excelente para a boa amizade. É preciso ter cuidado para não transformar o diálogo em interrogatório e também para dar atenção real nas respostas, sem ficar olhando para o celular ou ficar pensando no jantar. Eles sempre percebem quando a intenção é uma obrigação ou desejo sincero de compartilhar da vida deles.

  • 2. Afeto

  • Sentir amor verdadeiro pelos filhos não é muito difícil. Demonstrar o sentimento através de carinhos, abraços, olhares, beijos de despedida são formas de expressar esse amor. Quanto menores eles forem, mais vão gostar de receber estes gestos. Elogios são como abraços, fazem muito bem quando sinceros e pronunciados.

  • 3. Tempo juntos

  • Brincadeiras, passeios, férias juntos também ajudam muito no relacionamento saudável de amizade. Se os dias são muito corridos, incluir os filhos na preparação de alimentos, limpeza de ambientes ou mesmo ir juntos de carro para um compromisso também vale. Ouvir músicas, contar histórias, falar do trabalho para eles enriquece e aumenta o vínculo.

  • 4. Regras

  • É importante que eles as conheçam e que elas não sejam afrouxadas pelo choro ou grito de discordância. Os pais também precisam cumprir as próprias regras criadas para o lar.

  • Ninguém precisa agir com autoritarismo para ser um bom pai ou mãe, nem fazer todas as vontades dos filhos. Com equilíbrio e muito amor os dias serão memoráveis e o crescimento individual de cada familiar, seja pai ou filho, será notável.

(Familia.com)

Massa de Panqueca Fácil

INGREDIENTES

MASSA:

  • 1 xícara (chá) de leite integral

  • 2 ovos

  • 4 colheres (sopa) de óleo

  • 1 colher (chá) de sal

  • 1 1/2 xícara de farinha de trigo

MODO DE PREPARO

  1. ) Bata todos os ingredientes líquidos e o sal no liquidificador.

  2. ) Quando estiver homogêneo, acrescente a farinha aos poucos e bata mais.

  3. ) Pegue uma concha da mistura e despeje em uma frigideira média em fogo médio. Espalhe virando a frigideira para que fique uma massa fina.

  4. ) Quando um lado estiver dourado, vire e doure o outro. Sirva com qualquer molho e recheio.

(Gshow)