terça-feira, 17 outubro, 2017

Adamantina Rodeo Festival atrai mais de 50 mil pessoas em cinco dias de festa

A dupla Jorge & Mateus fechou com chave de ouro os cinco dias de festa do Adamantina Rodeo Festival, que atraiu 48 mil pessoas de toda a região. Somente neste domingo (9), público de 10 mil curtiu os principais sucessos da dupla de Goiás.

Além disso, as finais das disputas de três tambores e das montarias foram outras atrações do rodeio organizado pela Cabeludo Eventos, que resgatou uma das festas mais tradicionais da Alta Paulista.

“Trabalhamos para oferecer o melhor em estrutura, shows e montarias, trazer de volta com qualidade o ‘gigante’ que é o rodeio de Adamantina”, diz o organizador Emerson Caires, da Cabeludo Eventos.

Alimentos arrecadados durante noite solidária do Adamantina Rodeo Festival
Alimentos arrecadados durante noite solidária do Adamantina Rodeo Festival

Social

A festa também ficou marcada pela contribuição social. Na sexta-feira (7), quando a entrada era 1 quilo de alimento não perecível, mais de 14 toneladas foram arrecadadas para o Fundo Social de Solidariedade do município.

O Adamantina Rodeo Festival ainda trouxe de volta a participação das entidades no evento, que comercializaram comidas e bebidas durante os cinco dias, garantindo um extra para suas atividades assistenciais.

Jorge e Mateus animaram público de 10 mil pessoas no Adamantina Rodeo Festival (Foto: Gustavo Castellon | Grupo IMPACTO)
Jorge e Mateus animaram público de 10 mil pessoas no Adamantina Rodeo Festival (Foto: Gustavo Castellon | Grupo IMPACTO)

Shows

Com os principais nomes da música sertaneja na atualidade, a grade de shows do rodeio foi outro destaque. No primeiro dia, a animação ficou por conta de Antony & Gabriel, que teve a entrada franca.

Já na quinta-feira (6), duas duplas subiram ao palco do recinto poliesportivo de Adamantina: Léo & Raphael e Fiduma & Jeca. Na sexta, a grande atração foi Humberto & Ronaldo.

No sábado (8), Matheus & Kauan trouxeram o melhor do sertanejo para o Adamantina Rodeo Festival. E, no domingo, foi à vez da dupla mais querida do Brasil: Jorge & Mateus.

Após os shows na arena, a animação continuou em palco secundário, garantindo o divertimento do público.

Cláudio Marcelino, com 434,50 pontos, é o dono da fivela de campeão do Adamantina Rodeo Festival

 

A festa recebeu etapa do Circuito de Rodeio Rancho Primavera, um dos mais disputados do interior paulista. A Cabeludo Eventos apresentou um rodeio técnico, competitivo e de alto nível, consagrando Cláudio Marcelino, com 434,50 pontos, como dono da fivela de campeão do Adamantina Rodeo Festival.

“Agradecemos todos os patrocinadores, colaboradores e principalmente o público que acreditaram em nosso trabalho. O Adamantina Rodeo Festival apenas começou”, finaliza Emerson Caires.

Mapa do Turismo Brasileiro relaciona oito municípios do Oeste Paulista

Oito municípios da região de Presidente Prudente integram o Mapa do Turismo Brasileiro, segundo o relatório divulgado nesta terça-feira (12) pelo Ministério do Turismo (MTur). Eles fazem parte de uma região turística chamada de “Sol do Oeste”, “Águas do Oeste” e “Pontal Paulista”. Estão neste grupo as cidades de Dracena, Lucélia, Martinópolis, Narandiba,Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Rosana e Teodoro Sampaio.

Para o diretor regional da Associação das Agências de Viagens Independentes do Interior do Estado de São Paulo (Aviesp), Marcos Antônio Carvalho Lucas, a maior parte das cidades do Oeste Paulista que aparecem listadas não é, em si, uma novidade.

“Elas compõem o chamado Circuito Oeste Rios e são de interesse turístico, Presidente Epitácio é até uma estância. Salvo Narandiba, as demais têm algum potencial turístico. Rosana tem as usinas e a confluência dos rios Paraná e Paranapanema. Teodoro Sampaio tem o Parque Estadual do Morro do Diabo. Cada uma explora o que tem”, explicou ao G1.

Lucas relatou que o turismo tem várias vertentes além de passeios, como negócios e eventos. “É o caso de Presidente Prudente, que também tem investido em áreas verdes e em centros de eventos. Aqui também temos uma briga antiga para ampliar o aeroporto, o que, se acontecer, certamente vai aumentar o turismo”, salientou.

O diretor regional também frisou ao G1 que é de interesse das próprias cidades explorarem o potencial turístico, já que há benefícios financeiros. “O investimento em equipamentos que possam contribuir com o turismo pesa e as prefeituras, que são as responsáveis, estão sem dinheiro”, destacou.

De acordo com o Ministério do Turismo, o Estado de São Paulo reduziu de 645 para 222 o número de municípios participantes de suas 28 regiões turísticas. Em todo o país, foram identificados 2.175 municípios em 291 regiões turísticas.

Para o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, este redimensionamento contribui para melhorar a capacidade do órgão federal de atuar de forma coordenada com os estados, regiões turísticas e municípios, para desenvolver e consolidar novos produtos e destinos turísticos.

“Com um mapa mais enxuto e que retrata de forma mais fiel a oferta turística brasileira, poderemos focar nossos esforços e otimizar nossos resultados”, afirmou.

Classificação
Para a atualização do mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todas as 27 unidades da federação. A validação do mapa foi feita pelos estados e Distrito Federal em seus respectivos fóruns ou conselhos estaduais do Turismo.

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, a estruturação e a promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.

Os 222 municípios de São Paulo presentes no Mapa do Turismo Brasileiro se dividem em cinco categorias. O instrumento, elaborado pelo MTur, identifica o desempenho da economia do turismo para tornar mais fácil a identificação e o apoio a cada um.

Dentro da metodologia, as cidades contempladas nas categorias A, B e C contam com 95% dos empregos formais em meios de hospedagem, 87% dos estabelecimentos formais de meios de hospedagem, 93% do fluxo doméstico e têm fluxo internacional. O conjunto de municípios dos grupos D e E reúne características de apoio às cidades geradoras de fluxo turístico. Muitas vezes são aquelas que fornecem mão-de-obra ou insumos necessários para atendimento aos turistas.

Dos oito municípios do Oeste Paulista que aparecem no Mapa do Turismo, três estão na categoria D – Lucélia, Martinópolis e Teodoro Sampaio. Outras três cidades aparecem na categoria C – Dracena, Presidente Epitácio e Rosana. Narandiba encontra-se na categoria E. Já Presidente Prudente está classificada no grupo B.

O Tribunal de Contas da União e o Senado Federal reconhecem o Mapa do Turismo Brasileiro como um instrumento para orientar a gestão no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas e descentralizadas.

 G1

Conheça as belezas de Presidente Epitácio

Parque Figueiral
O Figueiral está localizado às margens do Reservatório Sergio Motta, a aproximadamente 5 km do centro da cidade. Possui completa infra-estrutura e equipamentos voltados ao lazer e a prática esportiva. São 58.000 m2, com praia artificial, área de pesca e camping, lanchonetes, restaurante com vista panorâmica, mirantes, palco com camarins para shows artísticos e musicais, quadras poliesportivas, atracadouro e rampas para barcos. É o local onde acontecem os principais eventos do município.

 

Orla Fluvial
Às margens da Via Marginal Juliano Ferraz de Lima, que interliga o Cais do Porto à Rodovia Raposo Tavares (SP-270). Tem aproximadamente 7 km, abrigando clubes sociais, esportivos e náuticos além da Vila Tibiriçá, que deu origem à cidade de Presidente Epitácio. A cinco metros de altitude em relação ao em nível do espelho d’água, formado pelo Reservatório, oferece aos visitantes uma visão panorâmica de rara beleza. Somando-se a isso, foram criadas melhorias. Entre elas: ciclovia e pista para caminhada, aparelhos para exercícios de condicionamento físico, píer turístico, lanchonetes, sambódromo, anfiteatro, parques infantis, pista de skate, eficiente sistema de iluminação e um belo projeto paisagístico.

 

 

Rio Caiuazinho
As margens deste riacho que deságua no rio Paraná, você encontra ancoradouros e pesqueiros que atendem da pesca à culinária, além das exuberantes paisagens naturais.

 

 

 

 

Ponte Hélio Serejo (antiga Mauricio Joppert)
Com aproximadamente 13 km de extensão foi inaugurada em 1964 e tinha 2.550 metros de comprimento por 12,30 m de largura, considerada orgulho da engenharia nacional, durante muitos anos seu nome foi Mauricio Joppert. Construída devido a necessidade da elevação da via de acesso entre os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, formando assim o grande Lago. Espaço onde também foi construído em novo canal para a navegação fluvial, transformando-se como um dos mais belos pontos turísticos da região.

 

 

Pôr do Sol
Considerado o melhor Pôr do Sol da região pelos turistas e epitacianos e detentor do título de “Por do sol mais bonito do Brasil”. Epitácio participou do concurso do Fantástico da rede Globo em janeiro de 2014, com esta foto. O sol que parece repousar no rio Paraná, e quando se esconde sempre deixa lindas cores no céu é um momento inesquecível, fascina turistas e moradores todos os dias.

 

 


Côrrego do Veado
Pertence ao município de Presidente Epitácio, localizado na vicinal Epitácio/Campinal. Fonte de lazer para alguns pescadores que gostam de se aventurar e fazer pescarias tranquilas.

 

 

Casa do Artesão
Localizada na Rua Porto Alegre, cruzamento com Av. Presidente Vargas, principal via da cidade, ao lado da Praça da Matriz. A Casa do Artesão oferece uma variedade de peças e quadros, de artistas locais, que retratam desde lugares a coisas que serão capazes de produzir agradáveis lembranças os visitantes.

 

 

 

Colônia Árpád Falva
Por volta do ano de 1925 instalou-se no município um grupo de pessoas composta por 140 famílias provenientes da Hungria. Com seus usos e costumes, produziram um acervo próprio de sua cultura, com destaque para a edificação da Igreja de Santo Estevão, de 1934. É uma construção simples, com forte influência da arquitetura romana, que guarda bíblias, livros de atas e reuniões em escrita húngara, ela possui bancos de cedro, e altar em estilo colonial. Localizada a cerca de 10 km da cidade de Pres. Epitácio, na estrada vicinal que interliga o município à Caiuá. Representa um importante patrimônio cultural local.

 

Rio Santo Anastácio
É um rio do estado de São Paulo, afluente do rio Paraná que nasce no município de Regente Feijó, próximo à estrada que liga Pirapózinho e Anhumas, segue na direção noroeste, sempre paralelo a SP-270 e deságua no rio Paraná trecho de Presidente Epitácio. Neste trajeto percorre cerca de 102 km. Ao longo dele, suas águas são usadas na cultura e irrigação, ingerida por animais de cria e engorda, e também para o abastecimento de zonas rurais e urbanas. É o caso do município de Presidente Prudente, com pouco mais de duzentos mil habitantes, que é abastecida em 30% por suas águas.

TRIP ADVISOR