Fortaleça o músculo genital com pompoarismo

Prática leva a consciência corporal e facilita o caminho para chegar o orgasmo

Você já ouviu falar em pompoarismo? É uma técnica oriental que fortalece os músculos genitais e proporciona mais prazer. Assim como no tantrismo, o pompoarismo vê o ato sexual como um ritual espiritual. Segundo suas crenças, a exploração ao extremo dos sentidos físicos, sendo a relação sexual o principal, é também um caminho para a evolução. Dessa forma, homens e mulheres exercitam os músculos de seus órgãos sexuais para ganhar consciência corporal. Quanto mais se consegue mexer, mais prazer se sente e, consequentemente, mais satisfação se dá ao outro.

Segundo registros antigos, a arte do pompoarismo nasceu no Sri Lanka e no sul da Índia. De lá, migrou para o Japão e a Tailândia. Com o passar do tempo, a técnica foi dividida em movimentos sugeridos como exercícios físicos para serem praticados regularmente. Na década de 1950, um ginecologista norte-americano, Arnold Kegel, desenvolveu a partir do pompoarismo o que chamou de ginástica pélvica.

“Tecnicamente, os exercícios do músculo perineal e vaginal sugeridos pelo pompoar são excelentes tanto para o prazer da mulher quanto para o homem. Eles também são recomendados por muitos ginecologistas a suas pacientes para prevenir o afrouxamento muscular e incontinência urinária” afirma a sexóloga Maria Lúcia Beraldo.

A ginástica exercita grupos de músculos que prometem fazer a diferença na hora do sexo. A prática regular dos movimentos provoca uma melhor irrigação de sangue na região íntima. Assim, as sensações prazerosas são todas potencializadas e o orgasmo chega mais fácil, mais gostoso, até em dobro – é a promessa dos orgasmos múltiplos. Você começa a treinar sozinha e depois surpreende seu parceiro aplicando os movimentos durante a relação sexual.

Conheça os exercícios de pompoarismo

1. Sente-se de forma que sua coluna permaneça ligeiramente inclinada para frente. Com as mãos nos joelhos, deixe os pés paralelos. Quando inspirar contraia os músculos da vagina, permaneça por 30 segundos e expire relaxando;

2. Em pé, com os braços ao longo do corpo, separe ligeiramente os pés, mantenha-os paralelos. Contraia os glúteos e tente uni-los ao máximo que puder. Conte até dez e relaxe;

3. Em pé, contraia e relaxe a musculatura da vagina. Tente manter por 10 minutos contínuos. Esse é básico para tonificar os músculos vaginais.

4. Deitada de costas, encoste os pés em uma parede e contraia o ânus, abdome e vagina. Depois, mantendo a contração, suba lentamente os pés na parede até erguer o corpo, sempre mantendo a contração o máximo que puder. O objetivo deste exercício é apoiar o peso do corpo nos ombros. Depois de chegar lá permaneça dez segundo, relaxe e desça o corpo e as pernas lentamente de volta à posição inicial.

A prática deve ser diária e os exercícios são fáceis e prazerosos. Tente alcançar uma prática de 10 minutos em cada série. Porém, o mais importante é você acompanhar a evolução da sua resposta muscular e aumentar o numero de repetições conforme você se sentir confortável.

O maior benefício do pompoarismo é o desenvolvimento da sua consciência corporal. “Este treinamento permite a mulher repetir estas contrações durante a penetração, massageando o pênis e aumentando em muito o prazer do seu parceiro. Por outro lado, a contração e o relaxamento dos músculos circunvaginais potencializa a excitação da mulher gerada com a penetração, proporcionando orgasmos mais intensos”, acrescenta a sexóloga.

(Minha Vida)